• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pandemia

Comércio tem seguido as normas de biossegurança, diz secretário de Saúde

Decreto municipal recolocou Campo Grande na bandeira vermelha e, com isso, lojas poderão abrir

José Mauro Filho concedeu entrevista ao Rodrigão, no Cidade Alerta MS (Foto: Divulgação)

O Secretário Municipal de Saúde Pública de Campo Grande (MS) José Mauro Filho justificou o decreto municipal que retirou a Capital da bandeira cinza do programa Prosseguir de enfrentamento à Covid-19 e colocou na bandeira vermelha, menos restritiva.

Com isso, o comércio poderá abrir as portas a partir desta terça-feira, 15 de Junho. “A instituição (comércio) tem adotado as normas de segurança”, disse o secretário durante entrevista ao programa Cidade Alerta MS, da TV MS Record, nesta segunda-feira, 14 de Junho.

A Capital e outras 42 cidades foram classificadas na bandeira cinza do Prosseguir que significa risco extremo de contaminação pelo coronavírus. Nesta classificação, o comércio não essencial deve ficar fechado.

O secretário disse ainda que a cobertura vacinal em 37% da população em geral vacinada também contribuiu para a decisão de reabrir a cidade.

Segundo o relatado no decreto, até a data de hoje, 14, já foram vacinadas 336.001 (trezentas e trinta e seis mil e uma) pessoas neste município, correspondendo a 49,6% (quarenta e nove vírgula seis por cento) da população elegível e 37,08% (trinta e sete vírgula zero oito por cento) da população em geral.

Contudo, a vacinação está paralisada em Campo Grande devido à falta de doses. A prefeitura espera a chegada de novos imunizantes, mas não tem data para tal.

Serviço - O programa Cidade Alerta MS vai ao ar de segunda a sexta-feira a partir das 17h na TV MS Record, pelo canal 11.1. A atração é apresentada por Rodrigo Nascimento, o Rodrigão. O telefone para contato com a equipe de
produção é 67-98407-9827.

Veja Também