• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Jornalista que teve casa furtada recebe intimidações e xingamentos por telefone

Além disso, vizinhos dificultam o acesso as imagens da câmera de segurança

O prejuízo do furto é de R$ 15 mil (Foto: Divulgação)

Após ter residência arrombada por ladrões na última terça-feira (30), a proprietária do imóvel, está recebendo ligações e mensagens de homens a ameaçando. O furto ocorreu no bairro São Francisco, em Campo Grande (MS) e causou um prejuízo de R$ 15 mil.

Em conversa com a equipe do Diário Digital, a dona da casa, a jornalista Yarima Mecchi de 29 anos, contou que registrou o Boletim de Ocorrência e no mesmo dia começou a receber ligações sem identificador de chamada com homens dizendo que estavam com seus pertences e que por uma quantia em dinheiro, entregariam os objetos. "No começo, até tentei negociar porém desconfiava que podia ser ligações de presidiários", destacou.

Segundo a jornalista, em outras ligações disseram que sabiam que ela estava com a imagens da câmera de segurança que flagram o veículo em frente a sua casa e que era para ela tirar o registro da Delegacia. A jornalista também já foi xingada em algum desses contatos.

Além disso, Yarima relatou sobre a dificuldade que está passando para conseguir as imagens com os vizinhos. "Tenho amigos e vizinhos que estão me ajudando, porém, a situação dos moradores que tem as câmeras e não querem entregar a gravação dificulta saber o que realmente aconteceu no dia. Desta forma, também impede a Polícia na investigação".

(Foto: Divulgação)

Como ajudar – Amigos de Yarima estão realizando uma rifa para ajudá-la a comprar suas coisinhas e a recomeçar.

O valor da rifa é R$ 50,00 com 150 números. Quem puder ajudar pode entrar por meio do número (67) 993321120 (Mari Castelar).

Os brindes sorteados são: uma carteira e um sketchbook em couro artesanais, e um vale compras da Santa Belezza Plus.

Entenda o caso – Homens arrombaram o cadeado do portão e roubaram uma residência na terça-feira (30) que fica localizada no bairro São Francisco, em Campo Grande (MS). O prejuízo para a proprietária da casa é de R$ 15 mil.

A dona do imóvel, é a jornalista Yarima Mecchi de 29 anos de idade, ela contou que por volta de 16h56 recebeu a ligação de uma vizinha perguntando se ela havia esquecido a porta aberta. Em seguida, recebeu as fotos da casa e percebeu que tinha sido vítima de um furto.

Um outro vizinho também relatou para a jornalista, que achou que a mesma estaria de mudança do local.

Conforme o Boletim de Ocorrência, câmeras de segurança flagraram o momento em que um veículo modelo Saveiro estaciona no portão da residência e pratica o furto. A jornalista ainda não teve acesso as imagens, mas serão apresentadas na delegacia.

Foram subtraídos diversas coisas como: pares de sapato, caixa térmica, liquidificador, televisor, ventilador, vídeo game, notebook e entre outros. Além disso, foi levado uma geladeira que ainda estava na caixa.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac-Centro).

(Vídeo: Divulgação)