• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Feminicídio

Filha de 6 anos de mulher morta a tiros pelo marido será ouvida em depoimento especial

Eliane era famosa nas redes sociais por fazer vídeos TikTok e estava casa há 12 anos

Marido atirou 14 vezes contra Eliane Siolim (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

A DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) em Ponta Porã, ainda está ouvindo testemunhas que tinham vínculo com Eliane Ferreira Siolim, de 34 anos e com o marido, o paraguaio Alejandro Antônio Aguilera, com quem foi casada por 12 anos até ser morta com 16 tiros na noite de domingo (24) e, em seguida, o homem cometer suicídio. A filha do casal de 6 anos ainda vai ser ouvida em depoimento especial, ela estava no local do crime.

A polícia ainda não confirma se a criança chegou a presenciar o assassinato da mãe e o suicídio do pai, ou apenas estava na chácara onde tudo ocorreu, no distrito de Nova Itamarati. O local havia sido alugado pelo casal por 30 dias.

A delegada responsável pelo caso, Marianne Cristine de Souza, segue aos cuidados de familiares da mãe, ela está assustada e ainda será ouvida em depoimento especial.

Elaine era famosa nas redes sociais, com mais de 60 mil seguidores no TikTok. Os vídeos de dublagens e dança tinham entre 20 a 100 mil visualizações. Para a polícia, a fama da vítima não teria relação com o crime. A mulher tinha as redes sociais há meses e, testemunhas disseram, que o casal já tinha um relacionamento conturbado anteriormente.

Elaine tem mais de 60 mil seguidores no TikTok (Reprodução/Redes sociais)

O caso - Alejandro Antônio Aguilera, de 41 anos, matou a esposa Eliane Ferreira Siolim, de 34 anos, e depois se matou com um tiro na cabeça. O crime aconteceu no domingo (24), em um sítio no distrito de Nova Itamarati, em Ponta Porã.

Os corpos dos dois estavam na varanda dos fundos da casa do sítio onde acontecia a festa. Testemunhas presenciaram uma discussão e, em seguida, os tiros. A arma de fogo usada no crime, uma pistola 9 milímetros, foi apreendida, assim como as munições e um carregador.