• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Gripe

Vacinação da gripe chega a escolas da Reme após baixa adesão

Prefeitura quer ampliar o acesso e a cobertura vacinal entre as crianças

(Foto: Luciano Muta/Arquivo)

Como estratégia para ampliar o acesso e a cobertura vacinal entre as crianças, a Prefeitura de Campo Grande iniciou nesta semana a vacinação contra a Gripe em escolas da Rede Municipal de Educação (Reme). O trabalho é coordenado e executado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e segue um cronograma pré-estabelecido entre a pasta e a direção das escolas.

Conforme dados do Serviço de Imunização da Sesau divulgados nesta sexta-feira (20), apenas 9.153 crianças de seis meses a menores de 5 anos foram vacinas, o que representa uma cobertura de 15,94%, considerando a população estimada em 57.428 pessoas nesta faixa-etária.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesau, Veruska Lahdo,  o cenário é preocupante, uma vez que as crianças, assim como os idosos, são mais vulneráveis a quadros de síndromes gripais podendo ocasionar inclusive o óbito.

“São  aproximadamente 48 mil crianças que ainda não se vacinaram. É um número muito expressivo, considerando que nós já estamos praticamente a dois meses em campanha. Por isso nós conclamos aos pais e responsáveis para que procurem um ponto de vacinação mais próximo. A vacina é uma das formas mais seguras e eficientes de prevenção, destaca.

A superintendente destaca  que a vacina disponível no SUS foi atualizada e é eficaz contra o vírus da H3N2 que circulou no ano passado e infectou tantas pessoas antes mesmo do período mais crítico de contágio por vírus respiratórios.   A vacina da Influenza protege contra a H1N1, H2N3 e Influenza B. 

As maiores coberturas então entre os trabalhadores da saúde e os idosos, com 39,26% e 36,69%, respectivamente. Dentre os trabalhadores da saúde, 11.668 pessoas buscaram a vacina de um público estimado em 29.721. Já os idosos, foram 47.201 de uma população de 128,6 mil. O total geral entre os públicos prioritários é de 25,15%.

Desde o dia 16 de maio, a vacinação contra a gripe está liberada para todos os públicos prioritários estimado em aproximadamente 295,2 mil pessoas. A meta é atingir 90% de cobertura.

O imunizante está disponível em todas as unidades de saúde do Município, de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 11h e de 13h às 16h45, e aos sábados, domingos e feriados, conforme cronograma da Sesau.

Quem deve se vacinar ?

Idosos com 60 anos ou mais

Trabalhadores da saúde

Crianças de seis meses a menores de cinco anos

Gestantes em qualquer idade gestacional

Puérperas até 45 dias pós-parto

Caminhoneiros

População indigena

Profissionais das forças armadas

Profissionais das forças de segurança e salvamento

Trabalhadores da educação

Trabalhadores do serviço rodoviário de transporte de passageiros

População com deficiências permanentes

População com comorbidades

Profissionais do sistema penitenciário

Profissionais portuários

População privada de liberdade

Jovens em cumprimento de medidas socioeducativas