• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pandemia

Pacientes do interior ocupam 10% dos leitos da Capital, diz governo

Dos 13 óbitos registrados em apenas 24 horas, cinco são de Campo Grande

Foto: Agência Brasil

Dados sobre a ocupação de leitos apresentados, neste domingo (26.07), mostram que para cada dez leitos, sejam clínicos ou de UTI, nove estão, em média, ocupados por campo-grandenses, tanto na rede pública como na rede privada.

As informações foram divulgadas pelo secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, e pela secretária-adjunta, Christine Maymone. “Apesar da ampliação de leitos, temos uma taxa altíssima de ocupação, de 96% na macrorregião de Campo Grande. Em leitos públicos da Capital, para tratamento clínico, temos 67 pessoas internadas, sendo 61% de Campo Grande, já na UTI do SUS dos 85 internados, 72 são campo-grandenses”.

Na live de hoje, Resende apresentou ainda os dados da rede particular, onde dos 70 internados, 69 são Capital, referente aos leitos clínicos. Na UTI, de 67 internados, 61 são de Campo Grande.

A Capital é hoje considerada o epicentro da doença. Dos 13 óbitos registrados em apenas 24 horas, cinco são de Campo Grande. Com 8.427 casos confirmados, o município ocupa o primeiro lugar no ranking estadual de casos de covid-19. Resende anunciou que nesta segunda-feira, o Governo do Estado, por intermédio da SES, fará a entrega de leitos de UTI no Hospital Universitário de MS.

Fonte: Governo de MS

Veja Também