• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Futuro político

Tereza Cristina pretende disputar vaga ao Senado Federal

"Não posso tomar essa decisão sozinha", disse Tereza Cristina sobre pré-candidatura

(Foto: Luciano Muta)

Com as eleições de 2022 se aproximando vários nomes para o Senado Federal estão sendo cogitados. Um deles é o da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina ( DEM), que revelou em entrevista ao programa Noticidade Primeira Edição da Rádio Cidade FM 97, desta sexta-feira (26), que está tentando viabilizar o lançamento de sua pré-candidatura. "Ainda está em fase de projeto. Estou conversando com meu grupo político, não posso tomar essa decisão sozinha, mas meu desejo é concorrer a uma vaga do senado", disse a ministra.


Tereza Cristina cumpre agenda em Mato Grosso do Sul, desde ontem (25). A ministra participou de uma reunião com integrantes da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), onde palestrou sobre agropecuária e sustentabilidade e políticas públicas voltadas para agricultura.

A ministra falou, ainda, sobre o programa lançado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul denominado Carbono Neutro. " O objetivo é estabelecer um conjunto de ações e medidas de responsabilidade do poder público, das atividades econômicas e da sociedade em geral, para que no âmbito do território sul-mato-grossense, as emissões de gases de efeito estufa sejam neutralizadas a partir de 2030, antecipando assim, em 20 anos, a meta de 2050, estabelecida no Acordo de Paris", explicou.


Nesta sexta-feira (26), a Ministra da Agricultura cumpre agenda no município de Iguatemi, onde entrega Títulos de Adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA), para oito consórcios públicos municipais que obtiveram o reconhecimento de equivalência ao Sistema.


Segundo Tereza Cristina, os produtos registrados pelos Serviços de Inspeção Municipal, vinculados ao consórcio, poderão ser comercializados em todo o país. " O título dará novas oportunidades aos pequenos produtores rurais que poderão comercializar os alimentos produzidos pelo mesmo, sem medo, com selo de garantia reconhecido", enfatizou.

Veja Também