• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Socorro

Loja em que ladrão esqueceu alvará de soltura já tinha sido furtada na semana anterior

Ladrão foi preso em flagrante na noite de ontem (14), após furtar pneus

Ladrão invadiu a loja pelo telhado e destruiu o forro (Foto: Ana Lívia Tavares)

A mulher que junto com mais duas irmãs administra a loja de bicicletas furtada na noite de quarta-feira (14), na Avenida Calógeras, em Campo Grande, não sabe mais o que fazer para impedir que o local seja invadido. Este foi o segundo caso em menos de 15 dias.

A comerciante que terá o nome preservado contou ao Diário Digital que não se sente mais segura em trabalhar na região central da cidade. “A gente trabalha com medo. Até durante o dia, não dá mais para ficar de portas abertas porque sempre passa um usuário e, a noite, os furtos acontecem”, desabafa a vítima.

Mesmo preso em flagrante, ladrão se negou a dizer onde estavam pneus furtados da loja (Foto: Ana Lívia Tavares)

Na noite de ontem (14), um homem foi preso após invadir a loja de bicicletas e tentar fugir pulando muros e subindo em árvores. As proprietárias acionaram a polícia assim que o alarme disparou e elas viram pelo sistema de circuito interno do estabelecimento que o local estava sendo furtado.

O ladrão ainda deixou para trás a mochila e dentro dela um alvará de soltura do dia 13 deste mês, com o nome do autor. Ele havia saído do presídio no dia anterior.

A loja foi revirada e oito pneus de bicicleta foram levados. O autor entrou pelo telhado e destruiu o forro de madeira e de PVC.  Apesar de ter sido preso, o homem não informou onde escondeu os pneus.

Na semana anterior, a loja foi invadida da mesma forma, segundo a proprietária. “Na outra vez, nós não ouvimos porque ele desligou o alarme, mas também entrou pelo telhado e vimos que não se trata da mesma pessoa. Ou seja, foi outro homem que invadiu a loja e ainda está solto”, diz a mulher.

Veja Também