• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pandemia

Drive-thru de vacinas é inaugurado em Dourados

Também foi dada a largada para a imunização dos industriários da cidade

(Foto: Divulgação/Fiems)

A Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems) em parceria com a Prefeitura de Dourados inaugurou nesta segunda-feira, 14, o drive-thru para a vacinação da população local contra a Covid-19.

“Nós adotamos Dourados. Já avisamos ao prefeito Alan Guedes que ele pode contar conosco para atender todo o município, se necessário. Contem conosco para o que precisarem para superar essa fase difícil”, detalhou o presidente da FIEMS, Sérgio Longen.

O drive integra a ofensiva da FIEMS para combater a pandemia da covid-19 no município, para onde também foram entregues equipamentos e insumos sanitários.

“Também vamos ver a estrutura para trazer o tesômetro para Dourados. A meta é de 5 mil testes e, se for necessário, vamos oferecer 10 mil como forma de garantir o diagnóstico da covid-19 para a população douradense”.

Sérgio Longen ressaltou o desempenho do testômetro em Campo Grande, para onde foram disponibilizados 10 mil testes e cujo resultado permitiu à Secretaria Municipal de Saúde rastrear os locais de pessoas contaminadas para definir estratégias de tratamento.

Ainda acordo com o dirigente, o Sistema FIEMS está empenhado em reduzir as barreiras enfrentadas pelo município para a aplicação das doses das vacinas contra a convid-19. 

“Também doamos um ultra-freezer, adquirido pelo Sistema FIEMS para garantir o armazenamento de doses da vacina da Pfizer. Essa doação faz parte do movimento Unidos Pela Vacina, pelo qual serão doadas, ainda, 36 geladeiras pela Energisa, nossa parceira nessa ação”.

Além dos equipamentos de refrigeração, também foram entregues materiais sanitários necessários ao suporte da vacinação. Os materiais também resultam de doações do movimento Unidos pela Vacina, que tem como objetivo reduzir as barreiras para a imunização contra a covid-19 em todo o País.

Em Mato Grosso do Sul, o movimento é coordenado pela FIEMS e a Energisa. De acordo com o presidente da Energisa em Mato Grosso do Sul, Marcelo Vinhaes, as doações resultam do acompanhamento das necessidades dos municípios. “Fizemos um mapeamento junto às prefeituras para atender exatamente às demandas necessárias”.

O mapeamento da Dourados apontou a necessidade de kits de capacetes elmo - para dar suporte respiratório a pacientes em leitos intermediários -, caixas térmicas, termômetros clínicos e caixas coletoras perfurocortantes. “Agradecemos as doações e apoio. Passamos por um momento complicado, desde 31 de maio em lockdown. E, nesse período, a média móvel de casos está 45% menor e de mortes 48% menor”, revelou o prefeito de Dourados, Alan Guedes.

Presente no ato, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, exaltou as parcerias reveladas pela iniciativa privada para gerir a pandemia. Para o secretário, é esse envolvimento que faz com que Mato Grosso do Sul tenha o êxito de aplicar 96% das doses recebidas para imunizar contra a covid-19. Também entre os participantes, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Paulo Corrêa, destacou que a Casa está fortalecendo o apoio para que o Estado saia da crise sanitária. “A Assembleia Legislativa não vai faltar em nenhum momento”.

Para quem esteve no local, o trabalho compartilhado entre iniciativa privada e poder público é traduzido em alegria. “Estou muito feliz. Era um momento esperadíssimo”, comemora Maria Irene. Já a cabeleireira Márcia Regiane Barbosa, destacou a rapidez e o bom atendimento. “Estou feliz. Muito bom e rápido”.

Outro a comemorar o início dos trabalhos no local foi o diretor da FIEMS Gilson Lomba, que esteve no local e também acompanhou a imunização dos trabalhadores da indústria em Dourados. “É um momento especial que dá segurança e tranquilidade”.

Veja Também