• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Desigualdade

Projeto inclui beneficiários do Bolsa Família nos grupos prioritários de vacinação

A intenção é proteger parte da população mais afetada pela pandemia

(Foto: Marco Miatelo/ Arquivo/DiárioDigital)

Beneficiários do programa Bolsa Família podem passar a fazer parte dos grupos prioritários de vacinação contra a covid-19. É o que prevê o PL 1.990/2021, em análise no Senado.

A intenção é proteger do coronavírus a parte da população mais afetada pela pandemia: tanto pela doença, à qual está mais exposta, quanto pelos efeitos econômicos da crise sanitária. 

Durante apresentação da proposta, foi citado o relatório O Vírus da Desigualdade, lançado pela Oxfam Brasil, organização de combate à desigualdade social.

Segundo a senadora, o documento mostra que as pessoas mais ricas recuperam em tempo muito menor as perdas econômicas oriundas da proliferação do coronavírus, enquanto os mais pobres terão que esperar mais de uma década para isso.

Houve ainda o apontamento do número de pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza, que aumentou durante a pandemia. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas, a partir de janeiro de 2021, 12,8% dos brasileiros e brasileiras passaram a viver com menos de R$ 246 ao mês, isto é, R$ 8,20 ao dia.

O projeto, apresentado em maio, ainda não tem relator definido.  

(Fonte: Agência do Senado)

Veja Também