• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto

Política

‘Foi apenas uma comemoração’, justifica deputado que atirou durante sessão virtual ao vivo; veja vídeo

Parlamentar comemorou aprovação de projeto de lei atirando em alvo

Terça-feira, 17 Maio de 2022 - 16:26 | Redação


‘Foi apenas uma comemoração’, justifica deputado que atirou durante sessão virtual ao vivo; veja vídeo

O deputado estadual João Henrique Catan (PL) divulgou nota na tarde desta terça-feira, dia 17 de Maio, para justificar seu comportamento durante sessão ordinária virtual nesta manhã. O parlamentar atirou ao alvo durante a transmissão ao vivo para defender um projeto de lei de sua autoria, que estava em pauta.

Ele afirma que fez "apenas uma comemoração". Contudo, a atitude dele foi condenada ao vivo pelo presidente da Assembleia Legislativa deputado Paulo Corrêa que disse após os tiros. “Não pode isso, houve exagero”, advertiu.

‘Foi apenas uma comemoração’, justifica deputado que atirou durante sessão virtual ao vivo; veja vídeo

O projeto de lei em questão é o de número 417/2021, que dispõe sobre o reconhecimento do risco da atividade de atirador desportivo em Mato Grosso do Sul.

“O projeto foi aprovado por 16 votos e decidi, CAC (Caçador, Atirador e Colecionador) que sou, comemorar o meu voto disparando alguns tiros num clube de tiro e tendo como alvo apenas um símbolo que representa tudo aquilo com o qual eu não concordo, o comunismo.”

‘Foi apenas uma comemoração’, justifica deputado que atirou durante sessão virtual ao vivo; veja vídeo

O parlamentar cita ainda não concordar com invasões, com o desrespeito à propriedade privada. “Armando pessoas de bem, aqui em Mato Grosso do Sul, diminuíram, e muito, as invasões, furtos e roubos, principalmente em áreas rurais, refletindo-se também na diminuição da criminalidade”, argumenta.

Por fim, ele justifica sua atitude de atirar ao alvo para celebrar a aprovação do projeto. “Fiz apenas uma comemoração pela aprovação de um projeto – que faz parte de um movimento nacional -  e que  reconhece o risco da atividade e a efetiva necessidade do porte de armas de fogo pelos CACs, integrantes de entidades de desporto legalmente constituídas no Estado.”

Veja vídeo abaixo:

Projeto vai à redação final – O Projeto de Lei 417/2021, que também tem como autor o deputado Coronel David (PL), foi aprovado em segunda discussão por maioria de votos.

Junto à proposta, foi apensado o Projeto de Lei 22/2022, de autoria do deputado Capitão Contar (PRTB), que reconhece em Mato Grosso do Sul, a atividade dos Colecionadores, Atiradores e Caçadores como atividade de risco, para os fins do artigo 10, parágrafo 1º, inciso I, da Lei Federal 10.826/2003.

Agora, a matéria segue à votação em redação final por ter sofrido emenda.