• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Estado de Saúde

Pai baleado pelo filho segue em estado gravíssimo

Na fuga, adolescente deixou o revólver, que segundo informações pertencia ao avô do jovem

O homem está em estado grave no hospital (Foto: Alfredo Neto/JPNews)

É considerado grave o estado de saúde de André Pereira da Silva de 48 anos, baleado na cabeça pelo filho adolescente, na noite de ontem (20), segue intubado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), do Hospital Auxiliadora, em Três Lagoas.

O adolescente de apenas 16 anos, fugiu do local do crime, e até o momento não foi localizado para prestar esclarecimentos a polícia. Sua identidade não foi divulgada, pois se trata de um menor.

Na fuga, ele eixou o revólver que segundo informações pertencia ao avô do jovem. Mas quem guardava era sua irmã, que responderá por posse ilegal de arma de fogo.

A arma usado na ação criminosa era de calibre 32. (Foto: Divulgação)

Entenda o caso - Em Três Lagoas (MS), para defender a mãe, um adolescente de 16 anos de idade, atirou contra a cabeça do pai, um homem de 48. A mulher era agredida e ameaçada mesmo após estar separada há meses do homem.

O homem vivia na residência da ex-mulher. Ele ia sempre armado e a ameaçava. Na terça-feira (19) o homem teria ido armado com um revólver calibre 38 e ficado no portão da casa. Em seguida, ele passou ameaça-la de morte.

Já durante a noite de quinta-feira (20) o mesmo teria retirado o filho mais novo da residência. Em seguida, o adolescente saiu armado com um revólver calibre 32 — que seria do seu avô e, fez um disparou contra o pai. O jovem fugiu largando a arma que foi apreendida pela polícia.

Conforme informações do site JPNews, já havia vários Boletins de Ocorrência da mulher contra o ex-marido. E, segundo a mãe, não foi a única vez que o jovem tentou defendê-la.

O homem foi socorrido e está em estado grave no hospital da cidade.

Veja Também