• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Detentos promovem quebra-quebra em celas de penitenciária da Capital

Presidiários ficaram feridos durante ação do Comando de Operações Penitenciárias; eles foram atendidos

Presos quebraram seis celas da Gameleira (Arquivo/Diário Digital)

Um tumulto na Penitenciária Estadual de Regime Fechado da Gameleira, em Campo Grande, precisou ser contido pelo Comando de Operações Penitenciárias (COPE), na tarde desta terça-feira (6). Os presos quebraram celas e houve feridos que receberam atendimento médico.

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) informou que houve um “ato isolado de indisciplina entre detentos” e, por isso, foi necessária intervenção realizada pelo COPE, “que constitui força de reação da Agepen, a qual conteve a situação com a necessidade de uso de força moderada”.

Ainda conforme nota da Agepen, seis celas foram danificadas pelos presos e alguns acabaram feridos nas próprias ferragens. “Os envolvidos receberam atendimento médico no setor de saúde do presídio e, conforme necessidade de encaminhamento, foram levados à Unidade Básica de Saúde mais próxima”.

Agepen solicitou o encaminhamento dos internos ao Instituto Médico Legal para realizarem o exame de Corpo de Delito e os internos foram identificados e isolados em cela disciplinar, onde vão render a um Procedimento Administrativo Disciplinar.

Em relação ao recebimento de pertences e atendimento de advogado, a rotina da unidade penal continua sendo realizada normalmente. “Inclusive os atendimentos são realizados progressivamente para evitar aglomeração, conforme ordem de chegada”, finaliza a nota.

O que teria provocado o tumulto não foi informado.