• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
'Ouro Branco'

Operação desmantela esquema que ‘abastecia’ a Máxima e prende 21 pessoas

Agente penitenciário, policial militar da reserva e presidiário estavam envolvidos no crime

(Foto: Marco Miatelo)

A delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico – Denar  divulgou nesta terça-feira (19), o balanço da operação Ouro Branco, trabalho de investigação que levou cerca de um ano, realizado pela Polícia Civil, contra crimes de associação para o tráfico, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Durante a Operação foram presas em flagrante 21 pessoas, 239 quilos de cocaína, dois revolver calibre. 38, seis pistolas calibre. 380 sendo uma com mira laser e duas 9mm. uma submetralhadora e um colete balístico.

Ainda segundo o Delegado Hoffman D'avila Candido, foram apreendidos aproximadamente 25.000 reais e 200 quilos de explosivos. Além de 20 veículos entre carros e motos.

Esta é a primeira fase da Operação Ouro Branco, deflagrada nesta segunda-feira (18), que contará com outras duas fases ainda nesta semana.

"A Ouro Branco é uma operação alinhada a Serviço de Inteligencia apreendeu várias pessoas em situação flagrante, que nos levou a concluir que se tratava de uma organização criminosa dividida em vários núcleos com a finalidade o tráfico de entorpecentes, inclusive com atuação em Ponta Porã, de onde a operação contou com a Polícia Federal. Após identificar todos os envolvidos foram expedidos 80 mandados, sendo 16 de prisão e 64 de busca e apreensão", explicou o Delegado responsável pela operação.

Delegado Hoffman D'avila Candido (Foto: Marco Miatelo)

Um dos flagrantes de tráfico de drogas ocorreu na tarde de ontem (18) no complexo prisional de Campo Grande, envolvendo um detento, um agente penitenciário e um policial penal da reserva.

A ação se deu, durante uma retirada de lixo para fora da penitenciária através de um trator com um reboque de madeira.

Além da tentativa da entrada com a droga para o presídio, estavam bebidas alcoólicas e cinco aparelhos celulares com carregadores. Entorpecente apreendido somaram-se dois quilos, sendo um quilo de cocaína e um de maconha.

Momento do flagrante, o material ilícito estava escondido em um veículo com reboque de madeira. (Vídeo: Divulgação/Denar)

Operação Ouro Branco, faz menção a uma organização criminosa destinada ao tráfico de entorpecente, no caso a cocaína, que por ser de cor branca e ser comercializada por um alto valor.