• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pandemia

Taxa de contágio por coronavírus apresenta aumento em Mato Grosso do Sul

Em comparação ao último boletim imunológico, foram registrados 25 novos óbitos pela doença

Com média móvel de óbitos em 24,7, Estado ultrapassa 8,8 mil mortes por covid-19 (Foto:Divulgação/Arquivo)

Na manhã desta quarta-feira (21), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que Mato Grosso do Sul apresenta um pequeno aumento na taxa de contágio do coronavírus, figurando com 0,84. Desde o dia 17 de julho, a taxa figurava entre 0,83 e 0,82.

No último dia transcorrido, foram confirmados mais 886 casos de Covid no Estado, chegando a 349.779 infectados, desses, 332.431 são considerados recuperados. De acordo com o boletim epidemiológico, a média móvel de casos dos últimos sete dias está em 626,9.

Do total de casos confirmados, 7.982 permanecem em isolamento domiciliar e 617 estão internados, sendo 279 em leitos clínicos e 338 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva). No total, são pelo menos 8.599 casos ativos, ou seja, pessoas com potencial de transmissão da doença.

Campo Grande é a mais afetada com ocupação de leitos de UTI/SUS, 80%, seguida por Três Lagoas (59%), Corumbá (59%) e Dourados (50%). O cálculo é feito a partir de leitos ocupados com casos positivos, suspeitos e “Não Covid-19”.

MS contabiliza 8.749 óbitos, sendo 25 registrados neste último documento divulgado pela SES. As vítimas são de Campo Grande (15), Água Clara (2), Aral Moreira (1), Bodoquena (1), Glória de Dourados (1), Jardim (1), Pedro Gomes (1), Rio Verde de Mato Grosso (1), Terenos (1) e Três Lagoas (1).

Desde o início da pandemia, o Estado registrou 973.900 notificações, 616.649 foram descartadas e 1.488 amostras estão em análise no Lacen (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul). Outros 5.984 casos permanecem sem encerramento pelos municípios.

Veja Também