• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pleito suplementar

Sidrolândia terá nova eleição no dia 13 de Junho

Tribunal Regional definiu data do pleito e o respectivo calendário eleitoral

(Foto: Divulgação)

A cidade de Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande (MS), terá eleições suplementares no dia 13 de Junho para escolha do prefeito e vice-prefeito.

A nova data foi definida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) que aprovou, na segunda-feira (17), a Resolução nº 733 que determinou a eleição e definiu o respectivo calendário eleitoral.

Em Sidrolândia, o ex-prefeito Daltro Fiuza (MDB) venceu o pleito de 2020, mas estava sob júdice e não assumiu o mandato, pois teve vários recursos rejeitados pela Justiça.

Daltro Fiuza teve a prestação de contas referente ao mandato de 2009 a 2012 rejeitada pela Câmara Municipal. Além disso, o Tribunal de Contas também apontou problemas.

Votação eletrônica - A eleição suplementar será realizada por meio do sistema eletrônico de votação e de totalização. Inicialmente, o pleito aconteceria em Março.

Porém, o adiamento ocorreu diante da situação epidemiológica da COVID-19 no município e o aumento do número de novos casos confirmados.

As prestações de contas finais dos candidatos e dos partidos políticos do município devem ser apresentadas ao juízo eleitoral competente até às 19 horas do dia 18 de junho, por meio do envio de dados por meio do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) da Eleição Suplementar/2021 e da entrega da documentação em mídia eletrônica.

ELEIÇÃO SUPLEMENTAR SIDROLÂNDIA 2021

Confira as principais datas do novo calendário:

a) 22/05 a 10/06: início e término da propaganda no rádio e tv;

b) 12/06: último dia da propaganda em geral, salvo rádio e tv;

c) 13/06: dia da eleição;

d) 18/06: último dia para entrega da prestação de contas;

e) 1/07: último dia para o julgamento das contas;

f) 02/07: último dia para a diplomação dos eleitos;

g) 02/07: último dia para a posse dos eleitos.

Para ter acesso à Resolução clique aqui.

Veja Também