• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Chapadão do Sul

Quadrilha usava controle de portão para ‘destravar’ carros e cometer furtos

Três foram presos e um quarto está sendo investigado

Quadrilha usava controle de portão para ‘destravar’ carros e cometer furtos (Foto:Divulgação/Dourados News)

A Polícia Civil de Chapadão do Sul, município localizado na região Norte do estado, prendeu três pessoas suspeitas de participarem de uma quadrilha especializada em furtos. Eles usavam um controle de portão eletrônico para interferir no sinal  de alarme e impedir que os veículos fossem travados. Agindo desta forma, teriam cometido um arrastão na cidade.

De acordo como delegado Felipe Potter, responsável pelo inquérito, o grupo é de Goiás. O caso veio à tona na manhã desta segunda-feira (17), quando um comerciante acionou a Polícia Civil alegando um furto. As informações eram de que uma cliente estacionou uma caminhonete na frente de uma conveniência, desceu para fazer compras e logo em seguida um veículo Ford/Ka parou atrás.

Um dos passageiros do Ka foi até a caminhonete, uma GM/S-10 e abriu a porta do motorista, e logo em seguida saiu. A proprietária então foi até o veículo e constatou que o celular havia sido levado. Toda a ação foi flagrada por câmeras de segurança. O caso foi denunciado e a polícia recebeu informação de outro crime idêntico, cujo os suspeitos também estavam em um Ford/Ka.

Teve início as investigações e os policiais localizaram o veículo na avenida Onze e, após monitoramento, foi feita abordagem no cruzamento com a avenida Quatro. O grupo tentou fugir, mas foi interceptado. Eles tentaram apagar mensagens dos celulares, mas foram flagrados. Com eles havia dinheiro e telefones furtados. A polícia descobriu que eles ficavam observando a chegada de veículos, para cometer o furto.

Assim que a vítima desembarcava, eles acionavam o controle do portão elétrico para interferir no sinal da chave do alarme. A vítima acreditava que havia trancado seu veículo, mas na verdade ele estava aberto por conta da interferência. Assim, os suspeitos conseguiram sucesso em várias ações. Três foram presos e um quarto está sendo investigado.

Com informações: Dourados News

Veja Também