• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Obras na antiga rodoviária começam em 2022

Montante de R$ 17 milhões está garantido; obra faz parte das ações dos 122 anos da cidade

Projeto de revitalização foi apresentado nesta quarta-feira (Foto: Divulgação)

O projeto de requalificação da área pública do Terminal Heitor Eduardo Laburu, antiga rodoviária de Campo Grande (MS), foi apresentado nesta quinta-feira, 19 de Agosto. O lançamento da requalificação faz parte das ações festivas aos 122 anos da cidade.

Depois de mais de dez anos desativada, a área pública do Terminal, que compreende cerca de 10 mil metros quadrados, será totalmente requalificada. Através de um contrato de repasse entre a União e Prefeitura Municipal, os recursos na ordem de R$ 17 milhões já estão garantidos e reservados.

Imagem do projeto na parte interna (Foto: Reprodução)

Com a liberação dos recursos pela Caixa Econômica Federal, que também vai vistoriar a execução das obras, a previsão é iniciar as intervenções até o primeiro trimestre de 2022.

Para o local, serão transferidos a Fundação Social do Trabalho (Funsat) e a Guarda Civil Metropolitana, segundo informação da prefeitura.

Prefeito Marquinhos e equipe lançaram o projeto de revitalização (Foto: Diogo Gonçalves/Prefeitura)

“Virão para cá, 200 homens fardados, equipados, preparados e armados, vem a Funsat, que juntos vão movimentar a população. Vamos ter todas as calçadas com acessibilidade, asfalto novo, lâmpada de led, paisagismo e área de descanso. Vai ser tudo de ótima qualidade, porque nossa cidade merece isso”, explicou o prefeito Marquinhos Trad.

Com um projeto moderno e funcional, a revitalização vai manter algumas características do prédio, como a laje. A fachada com jardim vertical, referência à antiga janela, vai proporcionar mais conforto térmico ao ambiente.

(Foto: Diogo Gonçalves/Prefeitura)

O entorno terá paisagismo, espaços de descanso e estacionamento com possibilidade de usos variados aos fins de semana. A acessibilidade estará garantida, com rampas, escadas e elevador. Um jardim interno iluminado por claraboias fará a interligação das partes pública e privada do prédio.

A requalificação da área pública da antiga rodoviária mantém fortes conexões com as iniciativas do município para o fomento do dinamismo sociocultural e econômico da região central, em especial por meio do Programa de Desenvolvimento Integrado de Campo Grande, o Reviva Campo Grande.

(Foto: Diogo Gonçalves/Prefeitura)

Construído na década de 70, na região central, o Terminal Rodoviário Heitor Eduardo Laburu carrega história. Localizado no Bairro Amambaí, o mais antigo da cidade, o complexo conserva sua imponência, mesmo depois de mais de 10 anos desativado.

Moderno para a época, o Terminal abrigava um condomínio com 236 lojas e área pública com plataformas de embarque e desembarque.

Veja abaixo o vídeo de divulgação do projeto de requalificação da antiga rodoviária:

Veja Também