• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pandemia

Gestantes e puérperas recebem vacina contra Covid-19

Nos três primeiros meses deste ano, foram registrados 16 óbitos maternos, sendo seis por Covid-19

Gestantes estão sendo imunizadas contra a Covid-19 na Capital (Foto: Denilson Secreta/Prefeitura de Campo Grande)

Gestantes e púerperas -mulheres com até 45 dias pós-parto – já estão sendo vacinadas contra a Covid-19 em Campo Grande (MS). A imunização desse grupo é feita com a vacina da Pfizer e começou na tarde desta terça-feira, 4 de Maio, com a presença de autoridades no Ginásio Guanandizão.

Também nesta tarde, Campo Grande ultrapassou a marca de 300 mil doses de vacinas aplicadas, segundo o prefeito Marquinhos Trad.

“Hoje estamos com mais de 20% da nossa população vacinada. A cada novo público que inserimos no calendário da vacinação,é um passo amais no combate a essa doença”, disse o prefeito.

Grávida do segundo filho, a educadora Karine Simões sabe muito bem o que é conviver com o temor e a incerteza provocada por uma doença. Em sua primeira gestação, o Brasil enfrentava uma epidemia de Zika, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

(Foto: Denilson Secreta/Prefeitura de Campo Grande)

A infecção pelo Zika vírus na gravidez representa risco para o bebê, isso porque o vírus consegue atravessar a placenta e atingir o cérebro do bebê e comprometer o seu desenvolvimento, resultando na microcefalia e outras alterações neurológicas, como falta de coordenação motora e deficiência cognitiva.

“A preocupação era muito grande, diante da possibilidade dele desenvolver alguma doença, caso eu fosse infectada. Agora, estamos enfrentando outro vírus assustador e esse receio veio a tona novamente. Por isso, acredito que a vacina seja muito importante e representa um sopro de esperança “, disse.

O entusiasmo e sentimento de esperança é compartilhado pela jornalista Adeline Bacelar, que compareceu nesta tarde no Centro de Vacinação Guanandizão para receber a sua primeira dose.

“Desde o início da gestação tenho me cuidado ao máximo para evitar contrair a Covid-19. É um alívio e uma alegria tremenda poder tomar a vacina hoje e saber que eu e a minha bebê estaremos imunizadas”, disse.

(Foto: Denilson Secreta/Prefeitura de Campo Grande)

Conforme a Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Mato Grosso do Sul, somente nos três primeiros meses deste ano, foram registrados 16 óbitos maternos, sendo seis por Covid-19. O número é o equivalente ao registrado durante todo o ano de 2020.

Serviço - A vacinação de gestantes e puérperas segue nesta quarta-feira, dia 05 de maio, no Drive-thru Ayrton Senna, Drive-thru Albano Franco, Drive-thru Cassems e no Guanandizão, de 7h30 às 22h.

Para evitar filas e aglomeração, a orientação é realizar o cadastro no sistema de identificação prévia, através do site: http://vacina.campogrande.ms.gov.brhttp://vacina.campogrande.ms.gov.br/

Veja Também