• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Energia Elétrica

Concessionária Energisa amplia subestação em Bandeirantes

Empresa investiu R$ 6,5 milhões na obra, que irá beneficiar 8,3 mil clientes das áreas urbanas e rurais

(Foto: Divulgação)

A Energisa Mato Grosso do Sul inaugurou nesta sexta-feira (05) a obra de ampliação da Subestação que atende o município de Bandeirantes, e que também vai beneficiar as cidades Jaraguari, Corguinho, Rochedo, São Gabriel do Oeste e Camapuã. A concessionária investiu R$ 6,5 milhões na obra, que irá beneficiar 8,3 mil clientes das áreas urbanas e rurais.

O investimento aumenta em cinco vezes a capacidade da subestação, por meio da substituição de uma fonte de energia de 34 mil volts por uma de 138 mil volts, garantindo maior robustez do sistema elétrico.

O diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhaes, ressalta os ganhos de qualidade do serviço: “a ampliação da capacidade da Subestação Bandeirantes fomenta o potencial econômico da região, por meio da industrialização tanto na área urbana quanto na área rural, bem como promove o desenvolvimento local com a geração de emprego e novos negócios”, afirma.

As subestações são responsáveis pelo início da distribuição da energia e funcionam como pontos de entrega de energia para os consumidores. A expansão torna a rede elétrica menos suscetível às interrupções de energia, bem como viabiliza o desenvolvimento do agronegócio nesta importante região produtora.

“Foram 53 profissionais envolvidos desde a concepção, planejamento, aquisição de materiais, infraestrutura, enfim é um daqueles projetos que nos enche de orgulho. Nossos colaboradores não mediram esforços para tornar essa obra uma realidade, e hoje ampliamos a capacidade de fornecimento para os próximos 15 anos com energia suficiente para atender a demanda que possa surgir”, destaca o diretor técnico da Energisa, Paulo Roberto dos Santos.

Para o titular da Semagro, secretário Jaime Verruck, “o investimento do Energisa atende a uma demanda de empresários locais, que a partir de agora terão mais estabilidade e qualidade na energia recebida. Isso é passo fundamental para o desenvolvimento econômico da região, tanto para dar condições melhores aos já instalados quanto para atrair novos negócios empresariais ou rurais”.

O prefeito em exercício de Bandeirantes, Gustavo Sprotte, elogiou a iniciativa visionária da distribuidora. “Essa subestação é um presente que a cidade ganhou porque precisávamos de um projeto como esse para trazer mais indústrias ao nosso município. A Energisa teve essa visão de acompanhar o progresso que tem chegado em Bandeirantes”, disse Sprotte.

O diretor da Regulação e Fiscalização da Agepan, Valter Almeida da Silva, que também participou da inauguração, ressaltou a importância do investimento na qualidade do serviço de energia oferecido para a região. “Fazemos a regulação no estado, acompanhamos a distribuição e geração de energia e sabemos que o aumento da capacidade que trará uma estabilidade bastante adequada para a rede, podendo atender - até de forma emergencial - clientes de municípios mais próximos”, pontuou.