• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Campo Grande registra aumento na movimentação do mercado imobiliário

Mesmo com a redução de taxas, os negócios de compra e venda de imóveis crescem na Capital

Senzano Empreendimentos disponibiliza diversas opções para facilitar ainda mais no pagamento (Foto: Divulgação/Arquivo)

Campo Grande (MS), registrou um aumento na movimentação do mercado imobiliário devido à queda de taxas de financiamento que se encontram na metade em comparativo a quatro anos atrás e a baixa na taxa básica de juros, na taxa Selic.

Com estímulos econômicos tomados pelo Governo Federal auxiliam na retomada da economia e na Capital, onde registram alta de 30% na aquisição de imóveis durante a pandemia do novo coronavírus.

As taxas de financiamento reduzidas, proporcionam um aumento nos negócios imobiliários, além de impulsionar a economia do país. Estas taxas são estimuladas de acordo com a avaliação dos bancos e das administradoras independentes.

A taxa Selic é estabelecida pelo Comitê de Política Monetária (Copom), que se reúne a cada 45 dias para decidir os rumos da taxa básica de juros do próximo período. E, no dia 5 de agosto de 2020 o Copom, decidiu abaixar a taxa de 2,25% para 2%, o que ajudou na crescente compra de negócios.

Pensando em auxiliar na aquisição de imóveis, a Senzano Empreendimentos disponibilizou diversas opções para facilitar ainda mais no pagamento — que podem ser por meio de financiamento bancário e financiamento próprio direto com a imobiliária. Além disso, possibilita as condições de pagamento de acordo com a necessidade dos clientes.