• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto

Geral

Câmara Municipal fotografou mais de mil buracos no asfalto na Capital

Durante audiência, concessionária informou que destacará duas equipes exclusivas para fazer reparos

Quarta-feira, 22 Junho de 2022 - 16:19 | Redação


Câmara Municipal fotografou mais de mil buracos no asfalto na Capital
(Foto: Divulgação/Câmara Municipal)

A Câmara Municipal de Campo Grande promoveu, nesta quarta-feira (22), audiência pública para discutir as intervenções na pavimentação feitas pela Águas Guariroba e a qualidade dos reparos realizados. Os vereadores entregaram ao presidente da concessionária, Themis Oliveira, um relatório com mais de mil buracos deixados no asfalto após cortes feitos pela empresa.

“Queremos ouvir a sociedade e ouvir o que a Águas tem para nos falar sobre como vai iniciar a recuperação dos cortes que foram feitos. É uma audiência construtiva. Vamos discutir com toda sociedade uma saída”, disse o presidente da Casa de Leis, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão.

O documento elaborado pelo parlamentar contém mais de mil fotos de buracos no asfalto de diferentes bairros de Campo Grande, mostrando cortes em locais que receberam pavimentação ou recapeamento recentes, alguns abertos por vários dias ou com reparos mal executados, causando vários transtornos aos moradores, riscos aos condutores que transitam pelas vias e prejuízos.

Câmara Municipal fotografou mais de mil buracos no asfalto na Capital
(Foto: Izaias Medeiros/Câmara Municipal)

O diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira, classificou como positiva a audiência, destacando a parceria entre a concessionária e o poder legislativo na ação conjunta de esclarecer dúvidas e elaborar planos de ação que beneficiem diretamente a sociedade.

“Estamos levando as indicações de locais e vamos visitar um por um, já nos comprometendo a designar duas equipes para fazer o monitoramento dos nossos atendimentos e o que for da nossa responsabilidade, vamos resolver. Além disso vamos ampliar o número de amostras laboratoriais dos pavimentos que abrimos, saindo de 20% para 40% de amostras. Estamos junto a população e o poder legislativo para resolver os problemas da sociedade”, destacou Themis.

Como proposto durante a audiência, foi firmado um compromisso da concessionária em designar duas equipes para monitorar e refazer os reparos apresentem desgastes nas ruas da cidade. Além disso, a Agetran também será consultada antes de uma nova intervenção, ficando encarregada de sinalizar os locais da obra.

Câmara Municipal fotografou mais de mil buracos no asfalto na Capital
(Foto: Divulgação/Câmara Municipal)

Em Campo Grande, a Águas Guariroba é responsável por cerca de 4,1 mil quilômetros de rede de água e 2,5 mil quilômetros de rede de esgoto. Hoje, a capital conta com os serviços de abastecimento de água praticamente universalizados, com mais de 99% da cidade tendo acesso a água tratada, e mais de 80% da cidade com esgoto coletado.

Para o vereador Clodoílson Pires, autor de um projeto que dá prazo de 24 horas para a empresa realizar os reparos, a população tem sofrido com os danos deixados no asfalto. “Campo Grande está vivendo momento muito crítico em relação ao trânsito. Às vezes, um buraco aberto e que não foi fechado, acaba causando um acidente, até ocasionando mortes. Temos ouvido a população e a gente sabe o quanto isso impacta a vida do morador”, cobrou.

O secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, citou que, nos últimos 12 meses, a Águas Guariroba solicitou autorização para mais de 8 mil intervenções.

Câmara Municipal fotografou mais de mil buracos no asfalto na Capital
(Foto: Divulgação)

“O objetivo sempre foi, desde o início, buscar melhoria na qualidade da malha viária do município. Temos 3 mil quilômetros de ruas pavimentadas na cidade, boa parte delas com a vida útil já exaurida. Além de fazer o recapeamento, temos que buscar alternativas para que se façam intervenções que não danifiquem o que foi melhorado ou o que já está ruim. Desde o início, buscamos maneiras de melhorar esse relacionamento a esse serviço”, disse.

Após a audiência, foi firmado um compromisso da Águas em destacar duas equipes exclusivas para refazer os reparos que já apresentam desgaste nas ruas da cidade. Também irá deixar os ramais de ligação de água e esgoto nos novos empreendimentos, para que, quando as casas sejam construídas, não seja necessário cortar novamente o asfalto. Além disso, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) também será consultada antes de uma nova intervenção – a Agência ainda ficará encarregada de sinalizar o local da obra.

(Com informações da Câmara Municipal e assessoria Águas Guariroba)