• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Advogado é autuado em R$ 27 mil por desmatamento

Vegetação nativa foi derrubada ilegalmente de sua propriedade em Ribas do Rio Pardo

Advogado é autuado em R$ 27 mil (Foto:Divulgação/PMA)

O proprietário de uma fazenda, localizada no município de Ribas do Rio Pardo, realizou um desmatamento sem a licença ambiental e foi autuado ontem (28), por Policiais Militares Ambientais de Campo Grande. A autuação ocorreu durante fiscalização na propriedade rural, onde foi conferida a área com uso de GPS e a caracterização do uso do solo com drone, o desmatamento ilegal de 26,19 hectares de vegetação nativa do bioma cerrado.

A infração fora detectada por imagem de satélite, pois aconteceu há algum tempo. A área já estava com plantio de pastagem e havia parte da madeira proveniente da vegetação desmatada em alguns pontos em meio à pastagem, alguns restos de vegetação queimados. As atividades foram interditadas.

O infrator, um advogado de 66 anos, residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente pelo desmatamento e foi multado em R$ 27.000,00. Ele também responderá por crime ambiental com pena de três a seis meses de detenção. O autuado ainda foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Veja Também