• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Inadimplentes

Campanha ‘Nome Limpo’ espera negociar R$ 3 milhões de dívidas

Este ano o evento promoverá a negociação de débitos de duas formas: presencialmente e online

(Foto: Divulgação)

As negociações da Campanha de Recuperação de Crédito Nome Limpo, promovida pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, começam na segunda-feira (06) e seguem até sexta-feira (10) com clientes inadimplentes de cinco empresas dos ramos de cosméticos, educação, confecção, funerário e energia, na Capital.

Este ano o evento promoverá a negociação de débitos de duas formas: presencialmente e online. A Energisa realizará a negociação na sede da ACICG, situada na Rua 15 de Novembro, 390, em frente à Praça Ary Coelho. Os consumidores interessados deverão comparecer na entidade das 8h às 18h, o atendimento será por ordem de chegada, com distribuição de senhas até às 17h.

Já a Pax Real do Brasil, Insted, Ero´s confecções e R.A Cosméticos atenderão exclusivamente online, por meio de audiências virtuais de conciliação previamente agendadas pela ACICG. “A partir das informações fornecidas por esses empreendimentos que optaram pela modalidade, convidamos mais de mil consumidores inadimplentes via e-mail, telefone, SMS e por carta para negociarem suas dúvidas na semana do dia 6 a 10 de dezembro. Essas empresas contarão com o apoio de um conciliador capacitado pelo Tribunal de Justiça que irá conduzir as audiências por videoconferência”, explica a coordenadora da Campanha Nome Limpo, Paola Nogueira.

A profissional ainda esclarece que as empresas participantes do evento foram orientadas pela ACICG a oferecerem uma condição facilitada para a quitação do débito. “Redução de juros e de multas, além do parcelamento prolongado, são algumas estratégias que os estabelecimentos poderão adotar conforme cada caso”, completa.

A expectativa da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) é negociar R$ 3 milhões este ano. Na visão do presidente da ACICG, Renato Paniago, a campanha é mais uma oportunidade para auxiliar empresas e consumidores e, também, fortalecer a economia local. “As negociações realizadas possibilitam às empresas o recebimento e regularização dos créditos perdidos, a reativação de clientes antigos e, ainda, contribuem para o aquecimento do mercado para as compras de Natal, fazendo com que o dinheiro volte a circular na economia”, declara.

Iniciada no dia 3 de novembro, a Campanha Nome Limpo 2021 tem abrangência estadual e ocorre de forma escalonada em 12 cidades do Estado até o dia 10 de dezembro. Além da Capital, Amambai, Dourados, Três Lagoas, Camapuã, Naviraí, Sidrolândia, Itaporã, São Gabriel do Oeste, Maracaju, Ponta Porã, Nova Andradina também participam desta ação.

Só em 2020, a Campanha Nome Limpo recuperou mais de R$ 3 milhões em Campo Grande. Ao longo de suas 15 edições na Capital, foram mais de R$ 303 milhões devolvidos para as empresas participantes.

Veja Também