• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Último dia para se inscrever no Novo Processo Seletivo da UEMS

Estão disponíveis vagas remanescentes em 41 cursos superiores

(Foto: Ascom)

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) está com inscrições abertas, até às 23h59 (horário de MS) desta segunda-feira, 18 de Abril, para o Processo Seletivo Permanente UEMS 2022 - Histórico Escolar. 

O Edital selecionará candidatos para o preenchimento de vagas remanescentes em 41 cursos de graduação presencial da universidade, em convocação imediata e lista de espera, com ingresso ainda no ano letivo de 2022.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet no site https://candidato.uems.br. Não haverá cobrança de taxa de inscrição. Confira aqui o Edital do processo seletivo.

Os candidatos podem se inscrever usando as notas do Histórico Escolar do Ensino Médio (ou Certificado de Conclusão em curso equivalente) ou a Certificação do Ensino Médio fornecida pelo Encceja ou Enem. 

Para efetuar a inscrição, o candidato terá que preencher os dados pessoais solicitados na Ficha Digital de Inscrição, como a renda per capita. É necessário possuir Notas de Língua Portuguesa e Matemática que constam no Histórico Escolar e Certificação do Ensino Médio.

A classificação dos candidatos será organizada em ordem decrescente, baseada no cálculo da Média Geral do Candidato (MGC), a partir da média aritmética das Notas de Língua Portuguesa e Matemática que correspondem, respectivamente, às Áreas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e de Matemática e suas Tecnologias.

Em todos os cursos ofertados haverá dois sistemas de concorrência, ampla concorrência e reserva de vagas em cursos por cotas, sendo 20% para Negros/as (pretos/as e pardos/as) que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas; 10% para candidatos/as Indígenas que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas e 10% para candidatos/as ao regime de cotas para Residentes em Mato Grosso do Sul.

Somente poderão concorrer às vagas para os regimes de cotas para negros/as (pretos/as e pardos/as) e indígenas candidatos/as que tenham cursado integralmente o Ensino Médio em escolas públicas.

(Com informações de Governo do Estado)