• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Prefeitura da Capital abre 19 vagas para operadores de máquinas

'Profissionais atuarão como 'operador de máquinas escolar e implementos agrícolas

Para operar, vistoriar e zelar pelas máquinas agrícolas de Campo Grande que estão nas comunidades da agricultura familiar, a Prefeitura abre no dia 7 de junho o Processo Seletivo Simplificado para seleção de profissionais interessados em atuar como “operador de máquinas escolar e implementos agrícolas”. A contratação é no regime de designação temporária. O edital está publicado na edição desta quarta-feira (2) do Diário Oficial (Diogrande).

Ao todo serão chamados 19 candidatos com remuneração de 1.600 reais para desempenhar função na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia (Sedesc). Para se candidatar o interessado deve ser habilitado em categoria “B” ou superior, na forma do Código de Trânsito Brasileiro; não estar cumprindo pena de suspensão do direito de dirigir, cassação da carteira nacional de habilitação/ CNH, pena decorrente de crime de trânsito; bem como não estar impedido judicialmente de exercer seus direitos; cumprir os demais requisitos constantes no Edital n. 12/2021-01.

As inscrições ficarão abertas no período de 07 a 15 de junho de 2021, exclusivamente via Internet, no site da Prefeitura – www.campogrande.ms.gov.br/seges/processoseletivo , observado o horário oficial do Estado de MS. Antes de realizar a inscrição, o candidato deverá certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para participação no Processo.

Funções - Entre as funções exigidas estão: conduzir e operar as máquinas e implementos destinados à execução de trabalhos agrícolas, conforme demandado pelo contratante; vistoriar periodicamente as máquinas e implementos antes do início da condução/ operação, verificando a aptidão dos bens para o uso a que se destinam; zelar pela guarda, conservação e correta utilização dos bens que lhe forem confiados, mantendo-os em perfeitas condições de funcionamento; recolher os bens em local adequado quando concluída a jornada de trabalho; comunicar imediatamente ao superior hierárquico qualquer defeito, acidente, fato ou intercorrência relacionada ao uso e conservação dos bens; entre outros descritos no Edital n. 12/2021-01, publicadas hoje.