• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Meio Ambiente

Três pescadores são presos e autuados por crime ambiental de pesca predatória

Uma embarcação também foi apreendida pela PMA. (Foto: Divulgação)

Durante fiscalização no Rio Pântano, em Aparecida do Taboado (MS), a Polícia Militar Ambiental (PMA) prendeu e autuou em R$ 4,5 mil três pescadores que utilizavam petrechos ilegais. Um barco foi apreendido e mais 11 redes.

Segundo a polícia, os três pescadores amadores praticavam pesca predatória com uso de petrechos proibidos. Com eles foram apreendidos o barco 11 de redes

Dois deles, de 49 e 18 anos, são residentes em Três Lagoas, enquanto o outro, de 59 anos, é de Selvíria. Todos foram presos e encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Aparecida do Taboado, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória, além de autuados em R$ 1,5 mil cada.

Caso sejam condenados, as penas previstas são de um a três anos de detenção. 

(Informações PPMS)