• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Corrida Digital é celebrada por atletas

Os apaixonados pela corrida de rua vivenciaram uma semana que ficou na história. De 1º de Junho até este domingo puderam competir em uma prova original a partir de um conceito totalmente inovador. A Corrida Digital é uma disputa concebida para permitir a prática do esporte com o distanciamento social que é uma das principais medidas de segurança para evitar o contágio do novo coronavírus. Atletas profissionais e amadores que participaram da prova com percurso de 5 quilômetros no Parque dos Poderes enaltecem o novo formato de competição.

A primeira largada da Corrida Digital foi para a servidora pública Adriane Dias Barbosa. Ela deu início ao trajeto pontualmente às 07h30 do primeiro dia de prova e em menos 30 minutos cumpriu o percurso.  “Eu corro há 10 anos e achei o modelo inovador e particularmente gosto de correr sozinha. Praticar o exercício físico e competir sem aglomeração em época de pandemia é excelente”, avalia.

O advogado Leonardo Albuquerque Malta, de 40 anos, já participou inúmeras vezes de circuitos de corrida de rua pelo Estado, mas confessa que se sentiu atraído pelo novo conceito da Corrida Digital. “Foi como no cotidiano, mas a ideia trazida pelo evento é genial, porque é um incentivo ao esporte e, ao mesmo tempo, aliado ao isolamento social, evitando aglomeração”, ressaltou o competidor que fez o percurso no segundo dia.

Experiente em corrida de rua, a jornalista Neiba Ota optou por correr no terceiro dia de disputa. Mesmo com tempo fechado e chuvoso, ela fez o percurso bem cedo. “Só eu na pista. Conseguiria imaginar uma prova de corrida com largada digital e sem aglomeração?”, pontua. Neiba relata os sentimentos envolvidos no decorrer dessa prova que foi a primeira que ela disputa em 2020.  “Eu não tinha parâmetro de outros na pista, para saber se estava rápida ou devagar. Confesso que aguardava alguém me ultrapassar ou passar por algum corredor. Então, o coração falou mais alto, acelerou e veio muita emoção. Gratidão por correr e sentir o vento de Deus”. 

Por causa da pandemia as provas de corrida de rua foram canceladas em todo o mundo. E a jornalista, que projetava disputar uma maratona de 42 quilômetros este ano, teve de adiar esse plano, mas teve a grata surpresa de poder correr no formato inédito de competição que é a Corrida Digital. O incentivo veio dos treinadores e amigos do grupo de corrida do qual faz parte e da família.

Na avaliação da jornalista, a Corrida Digital foi “inovadora e maravilhosa”. E Neiba Ota não foi a única fazer o percurso na família. O cunhado, Fabrício Gonçalves Gusmão, também participou. E o carinho especial foi com a sogra. Elza Aratani Marinho, que tem 73 anos e corre há 2 anos, sentiu segurança em disputar a Corrida Digital. Fez o percurso no período noturno como tempo de 43 minutos e 39 segundos.

Para a maratonista Patrícia Donida, a Corrida Digital permitiu "que a gente pudesse unir o amor que sentimos pela corrida com a segurança desse momento que estamos vivendo". Com três maratonas no currículo, ela fez o percurso em 24 minutos e elogiou a estrutura montada para atender o competidor com aferição de temperatura e pressão arterial, transmissão ao vivo, o apoio da organização para os corredores com direito a aplauso na chegada. "Foi tão emocionante quanto uma corrida no formato convencional", assegura. 

A Corrida Digital, ação inédita no País, realizada pela TV MS Record,  faz parte do já consagrando circuito de corridas de rua Rota das Estações 2020. Porém, precisou ser adaptada por conta da pandemia de coronavírus. Os atletas puderam escolher a data, entre 1 e 7 de Junho, para correr e ainda o horário, das 6h às 20h. A qualquer momento que decidam correr, a equipe da organização estará no local para atender e orientar os competidores. Até 20 horas de hoje, a estrutura está aberta para os atletas profissionais e amadores.

O ponto de largada é na rotatória que liga as avenidas Mato Grosso e Dr. Fadel Tajher Iunes, que fica na entrada do Parque dos Poderes. É possível conferir o resultado diariamente no site da Rota das Estações que transmite imagens ao vivo do local. São seis câmeras espalhadas ao longo percurso que permitem ver a movimentação em tempo real. Assim, o corredor pode escolher o melhor momento e evitar aglomerações.

A Corrida Digital é uma realização da TV MS Record, Diário Digital, Rádio FM 97 com o apoio da Fundesporte e Governo do Estado. O evento conta ainda com o patrocínio da MSGás, Comper, Hospital Proncor, RB Energia Solar e Rede IDLNet.  

Veja Também