• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Retrospectiva 2021

Visitas de Bolsonaro tiveram protestos e até ‘fezinha’ na loteria

Agendas do presidente da República em MS tiveram até lances inusitados

Jair Bolsonaro no Mercado Municipal (Foto: Reprodução)

O presidente da República Jair Bolsonaro visitou Mato Grosso do Sul duas vezes neste ano, nos meses de Maio e Dezembro. A segunda rendeu um inusitado passeio no Mercadão Municipal, em Campo Grande (MS) onde comeu pastel, tomou tubaína e fez até uma aposta na loteria.

Em 14 de Maio, o presidente esteve no Assentamento Santa Mônica, em Terenos, para entrega de 1.128 títulos definitivos de terras para agricultores. Ele esteve acompanhado por representantes do Estado, entre eles a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM/MS).

Bolsonaro durante entrega de título de propriedade rural em Terenos (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Na ocasião, um grupo de manifestantes realizou protestos. Eles reivindicavam vacina contra a Covid-19 para toda população, melhorias na educação pública e outras pautas.

Em dado momento, policiais precisaram usar bombas de gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes. Não houve feridos ou detidos na ação.

Manifestantes fizeram protestos durante visita do presidente (Foto: Luciano Muta)

Em 13 de Dezembro, Bolsonaro desembarcou em MS para cerimônia de Lançamento da Pedra Fundamental da construção da Terceira Ponte Brasil-Paraguai, em Carmelo Peralta.

Porém, o deslocamento até o local do evento foi cancelado devido às condições climáticas. Bolsonaro teve que ficar em Campo Grande e decidiu passear. Ele visitou o tradicional Mercadão Municipal.

No local, comeu pastel de queijo e tomou tubaína. Populares começaram a incentivar o presidente a jogar na loteria. Os funcionários da banca e os apostadores começaram a gritar “Presidente, vem fazer uma fezinha aqui!”. Bolsonaro fez uma aposta na Mega-Sena, no valor de R$ 31,50.

Veja Também