• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Corrida presidencial

Em MS, Eduardo Leite prega diversidade eleitoral

Governador do RS busca apoio dos tucanos do Estado para concorrer à presidência da República

Eduardo Leite durante recepção na sede do PSDB, na Capital (Foto: Marco Miatelo)

O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) falou aos tucanos de Mato Grosso do Sul na manhã deste sábado, 11 de Setembro, durante evento na sede do partido político em Campo Grande. Em discurso, ele defendeu a diversidade de ideias no debate eleitoral.

“(...)Se tivermos diversidade, a experiência de cada um faz com que aquele problema seja visto por diversos ângulos e consequentemente, as soluções se tornam mais criativas”, propõe.

Leite é o segundo a vir ao Estado em busca de apoio para as prévias do partido que decidirão o candidato à presidência da República da sigla para as eleições de 2022. Em Julho, o governador de São Paulo João Dória esteve na Capital em busca de votos para ser o escolhido.

O gaúcho tem 36 anos e está em seu primeiro mandato como governador de RS. Para ele, o eleitor brasileiro, quando conhecer novos candidatos à presidência da República, vai analisar outras possibilidades, além das já colocadas e polarizadas.

Leite já demonstrou que pretende usar sua experiência administrativa como governador do RS em uma possível corrida presidencial. Ele alega estar saneando as contas do governo e abrindo as portas para atrair investimentos.

Leite desembarcou na Capital na noite de sexta-feira, 10, e foi recepcionado pelos tucanos. Durante entrevista coletiva, ele considerou que o povo brasileiro está pagando a conta pelas tensões existentes em Brasília.

PSDB Fortalecido - Eduardo Leite reforçou sua vontade de ser o presidente do Brasil e frisou a importância de um partido fortalecido.

“Eu não estou sozinho. Tem muita gente comigo que carrega no peito este sentimento, esta vontade de fazer transformar o país. Vim com determinação em vencer as prévias e a humildade em saber que não faço nada sozinho, é preciso cada um de vocês pra fazer esta mudança", disse.

"Me lanço nessa jornada porque eu sei que tem gente boa para nos ajudar e cada um de vocês para nos impulsionar. Se precisarem de mim eu estou a postos, mas preciso de cada um de vocês porque ninguém governa sozinho, é preciso que façamos junto esta mudança”, completou.

Além de Dória e Leite, também enfrentarão as prévias do PSDB outros dois líderes tucanos, Arthur Virgílio (ex-senador) e Tasso Jereissati (senador pelo CE). As prévias do PSDB estão marcadas para 21 de Novembro deste ano.

Veja Também