• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Homicídio

Suspeito é preso em flagrante após matar homem a facadas na Vila Marli

Gilmar da Silva Costa de 41 anos foi morto com golpes de faca e facão

Gilmar da Silva Costa de 41 anos foi morto com golpes de faca e facão (Foto: Luciano Muta)

Suspeito de assassinar Gilmar da Silva Costa de 41 anos de idade, foi preso em flagrante durante a tarde de quinta-feira (25), em Campo Grande (MS). A vítima foi morta com golpes de faca e facão no bairro Vila Marli na Capital.

Conforme as informações, o autor tem passagens pela polícia por tráfico de drogas, furto e porte ilegal de armas.

A vítima foi encontrada com cortes na cabeça, braços, mãos e troncos. Na data, nenhum vizinho ouviu gritos de socorro ou barulho.

No local do crime, foram apreendidos um par de chinelos, lamina, cabo de faca, um brinco e um molho de chaves.

Além disso, a vítima não tinha documentos.

O caso – Sangue, pedras e muita sujeira, esse é o cenário encontrado na casa onde Gilmar da Silva Costa foi morto com golpes de faca e facão, no Bairro Vila Marli, em Campo Grande. O crime ocorreu na madrugada desta quinta-feira (25).

Um sobrinho da vítima, de 30 anos, contou à reportagem do Diário Digital que o tio era um homem tranquilo e trabalhador, e não sabia de nenhuma desavença entre o homem e alguma outra pessoa.

De acordo com a polícia foi um vizinho que encontrou Gilmar morto na residência. No local morava um cadeirante, mas conforme as informações, ele não conseguiu falar o que houve pelo fato de ter sofrido um derrame. O Serviço de Urgência Móvel (SAMU) foi acionado, mas a vítima já estava sem vida.

A perícia juntamente com a Polícia Civil foi acionada e deve investigar o caso. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima foi encontrada com cortes na cabeça, braços, mãos e troncos.