• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Paraguai

Motim em penitenciária terminou com sete mortos

Internos fizeram agentes reféns e colocaram fogo no estabelecimento após transferência de detento

(Foto: Divulgação/ABC Color)

A revolta na Penitenciária Nacional de Tacumbú, em Assunção, no Paraguai teve início durante a manhã de terça-feira (16) porém, no final da tarde que foram vistos os maiores momentos de violência. No local, os internos se rebelaram e incendiaram o local. A ação deixou 7 detentos mortos e fez 18 agentes penitenciários de refez por horas, nenhum carcereiro ficou ferido.

Um dos agentes penitenciário sendo liberado da rebelião
(Foto: ABC Color)

Segundo a ministra da Justiça, Cecilia Pérez, o caso ocorreu devido à intenção de transferência de prisioneiros e descartou que fosse devido a uma disputa entre o clã Rotela e o Primeiro Comando da Capital (PCC). Além disso, ela comentou que a migração se deve as informações sobre um plano de fuga.

Desta forma, o motim foi causado como uma forma de alertar o Ministério da Justiça sobre um plano de fuga de Orlando Efrén Benítez Portillo e Armando Rotela (líder do Clã Rotela).

No relatório diário da Polícia Nacional desta quarta-feira, 17 de Fevereiro, foi divulgada uma lista dos 7 reclusos que perderam a vida na ação de ontem:

Segue a lista:
Carlos Raúl Casco Rojas (25), Fernando Ortiz Echeverría (27), Júlio César González Cáceres (40), Júlio César Shareamm Barrios (31), Roberto Ríos (54) e Alcides Ramón González (26).

Conforme as informações das testemunhas, foi constatado que três dos detentos, foram decapitados e os restantes teriam sido esfaqueados até à morte.

(Foto: ABC Color)

Ainda de acordo a ministra da Justiça, não pode-se excluir a existência de mais corpos devido à continuidade das obras dentro da penitenciária. "Não se pode descartar porque continuam os trabalhos de revisão de todos os pavilhões. Eu prometo fornecer as informações".

Ministra da Justiça Cecilia Pérez deixando a penitenciária depois de acalmar os internos (Foto: ABC Color)

Veja Também