• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Rapaz preso com revólver vingaria a morte de Rhennan que foi assassinado na Afonso Pena

Arma de fogo seria usada para matar Jhonny de Souza Mota de 23 anos que confessou o crime

Rhennan Matheus foi morto com um tiro no último domingo (Foto: Reprodução)

Um rapaz de 20 anos de idade, foi preso durante à noite de quarta-feira (03) por porte ilegal de arma na rua Capibaribe, em Campo Grande (MS). A arma seria usada para matar Jhonny de Souza Mota de 23 anos.

A equipe policial estava realizando abordagem em um posto de combustível, quando o homem empreendeu fuga e rapidamente entrou em uma conveniência. A polícia apreendeu com ele um revolver calibre .357 com capacidade de 6 tiros.

(Foto: Arquivo/ Rede Social)

Indagado, o rapaz relatou ter comprado a arma de fogo com um desconhecido pelo valor de R$ 4 mil para matar Jhonny de Souza Mota de 23 anos — rapaz que confessou ter assassinado Rhennan Matheus por discussão boba durante bebedeira, nos altos da avenida Afonso Pena.

Na data, o homem estava usando uma camiseta com a foto de Rhennan. Ele foi encaminhado para Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac-Centro).

O revólver e as munições também foram entregues na Delegacia para providências necessárias.

Jhonny foi preso na casa da mãe no dia seguinte ao crime (Foto: Thays Schinneider)

O crime – Identificado como Rhennan Matheus, de 19 anos, morreu na noite de ontem (31), após ser baleado na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. A vítima foi encaminhada para Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com o Boletim de Ocorrência quando, a polícia chegou ao local a vítima já estava ferida e sendo socorrida pela equipe do Corpo de Bombeiros. Testemunhas que estavam no local afirmaram a polícia que o suspeito de atirar contra Rhennan era Jhonny Souza, mais conhecido como "Pulapao"

Segundo testemunhas, Jhonny estava em um veículo Saveiro com outras pessoas, e em certo momento seu amigo estava fazendo zerinho com uma moto, quando se aproximou da vítima. Jhonny saiu em direção a Rhennan e realizou disparos com arma de fogo e logo após entregou a arma para um amigo e fugiu.

O caso foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil, na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac-Centro).