• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Polícia investiga se bandidos tinham informações privilegiadas sobre agência

Câmeras flagraram dois homens dentro da agência bancária do Sicredi, na Avenida Coronel Antonino

Garras investiga tentativa de furto a agência na Capital (Foto: Luciano Muta/Arquivo)

O Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos à Bancos, Assaltos e Sequestros) investiga a participação de mais pessoas envolvidas na tentativa de furto a agência bancária do Sicredi, localizado na Avenida Coronel Antonino, em Campo Grande. A polícia foi acionada por volta das 7h30 desta quarta-feira (7), depois que funcionários encontram um buraco no teto e ferramentas utilizadas para tentar arrombar o cofre.

Segundo o delegado Fábio Peró, do Garras, câmeras de segurança filmaram dois bandidos com luvas dentro da agência. Eles entraram pela rua lateral, nos fundos. Cortaram o fio da câmera do lado de fora e danificaram o forro ao subir pelo telhado.

O acesso deu direto na sala onde fica o cofre. Os criminosos só não conseguiram arrombar porque as ferramentas não foram fortes o bastante. "Pelas imagens é possível perceber que eles passaram quase quatro horas dentro da agência e só desistiram porque não foi possível arrombar o cofre".

Agência foi alvo de bandidos nesta quarta-feira (Foto: Reprodução)
Veja Também