• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Dourados

PM encerra festa clandestina com 2 mil pessoas

A dona da propriedade se apresentou à polícia, alegando desconhecer os promotores do evento, e segundo ela, o espaço foi alugado por R$ 500

Homem é preso após ameaçar ex-namorada grávida (Foto: Divulgação)

Na madrugada deste domingo (19), a Polícia Militar encerrou uma festa clandestina com aproximadamente 2 mil pessoas, na fazenda Coqueiro III, localizada na avenida Guaicurus, quilômetro nove, zona rural de Dourados.

Segundo o boletim de ocorrência, inicialmente a suspeita era de que seriam 1 mil frequentadores, mas ao chegar no local, os agentes constataram o dobro de pessoas. Todas desrespeitando as regras de biossegurança para evitar o contágio da Covid-19.

O responsável pelo som do evento disse que foi contratado por R$ 2 mil, e que a festa seria particular para 50 pessoas, sem cobrança de ingresso. No entanto, a PM descobriu que foram cobrados R$ 10 para mulheres e R$ 30 para homens.

A dona da propriedade se apresentou à polícia, alegando desconhecer os promotores do evento, e segundo ela, o espaço foi alugado por R$ 500.