• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Estupro de Vulnerável

Jovem é preso por manter relação sexual com criança de 11 anos

Menina contou que mantinha relações sexuais com o rapaz cerca de um ano

O autor resistiu a prisão e foi necessário uso de força física moderada para contê-lo (Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News)

Um rapaz de 24 anos de idade, foi preso na quarta-feira (24) por estupro de vulnerável no bairro Jóquei Clube no município de Dourados (MS). O jovem mantinha relações sexuais com uma criança de 11 anos.

A menina contou que mantinha um relacionamento com o homem há cerca de um ano e estava na companhia do mesmo há três dias.

Na data, o Conselho Tutelar juntamente com a Guarda Municipal foram até a residência do rapaz. A equipe foi recebida por uma mulher que informou estar sozinha na casa, porém, uma pessoa saiu do interior do imóvel e ao perceber a presença das equipes, retornou rapidamente para o quarto.

Foi explicado para a mulher que se tratava da presença dos agentes públicos e assim foi permitida a entrada na residência. A criança de 11 anos foi encontrada na cama e o acusado tentava se esconder debaixo da cama, mas logo foi localizado e encontrava-se sem camisa e de short.

Conforme o Dourados News, a mãe do acusado relatou que sabia do relacionamento dos dois, bem como moradores vizinhos sabiam do fato. Já o jovem, confirmou que realmente tem um relacionamento com a menina, no entanto, nega que houve conjunção carnal.

O autor resistiu a prisão e foi necessário uso de força física moderada para contê-lo e algemas para imobilizá-lo.

Na delegacia, quando as conselheiras tutelares acompanhavam os procedimentos legais da GMD, a irmã do preso chegou no local e estava extremamente exaltada. Ela estava acompanhada de uma amiga. Ela começou a chamar a criança mentirosa.

As conselheiras impediram as mulheres de se aproximarem, mas as mesmas começaram os xingamentos novamente, e desacataram os servidores públicos presentes na ocorrência. As autoras foram detidas pela Guarda Municipal e apresentadas à autoridade policial.

(Com informações Dourados News)