• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Toque de recolher

“Festeiros”, não se mostram preocupados com a nova variante da covid-19

Madrugada de domingo agitada casa de show, bar e ranchos lotados em Campo Grande

Foto GCM

Em um momento crítico para saúde onde Campo Grande registra 1.506 mortes por covid-19, festas no fim de semana teve aglomeração em casas de show , bar e ranchos lotados. Equipe da Guarda Civil Metropolitana (GCM), juntamente com a Vigilância Sanitária  interditaram e autuaram estabelecimentos.

Com mais de 200 pessoas um bar localizado  na Rua Yokoama, esquina com a rua Presidente Rodrigues Alves, na Vila Palmira, região do Santo Amaro foi fechado pela Vigilância Sanitária em uma ação conjunta coma Guarda Civil Metropolitana.

Com vídeos divulgados nas redes socais é possível ver a casa de show Valley Pub, localizada na Avenida Afonso Pena lotada de pessoas, sem máscara e usando narguilés. Além disso os clientes da casa noturna  não respeita o distanciamento social de 1,5 metro, estabelecido pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Ainda durante a madrugada agitada equipes da GCM encerrou mais uma  festa com aglomeração em um rancho próximo do Aeroporto Santa Marina no local havia mais de 300 pessoas.

Organizadores o evento divulgaram um banner da festa “Close Friends” informava que iniciaria às 22h e que haveria open bar. Informava também que o uso de máscara era obrigatório. Quando a GCM chegou ninguém estava  usando o item de segurança.