• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Empresário é multado por derramamento de óleo na Capital

Responsável responderá por crime ambiental e será multado em R$ 50 mil

(Foto: Divulgação/PMA)

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande realizaram fiscalização na última quinta-feira (24), em uma propriedade rural no município, para confirmar uma denúncia de vazamento de óleo vegetal.

Durante a fiscalização, os policiais verificaram o vazamento de cerca de dez mil litros de óleo no pátio da empresa, que conforme a PMA, escorreu pela estrada, causando poluição do solo. De acordo com a PMA, no local, funciona uma empresa de processamento de óleo vegetal.

À PMA, o proprietário informou que uma carreta com o resíduo do produto, que faria a transferência para o processamento na indústria, deu problema em uma válvula do tanque pela manhã, ocasionando o vazamento de óleo.

A empresa também não possuía licença para o funcionamento. As atividades foram paralisadas e o proprietário foi notificado. O material teve de ser removido. Conforme a PMA, o proprietário teve de dar destino adequado ao resíduo, e apresentar relatório da solução do problema.

O infrator de  57 anos é morador da Capital e foi multado administrativamente em R$ 50 mill  O empresário ainda foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e responderá por crime ambiental.

A pena para o crime de poluição é de um a quatro ano de reclusão. Caso se constate que o crime foi culposo, a pena é de seis meses a um ano de detenção.

Veja Também