• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Paraguai

Suspeito de executar cunhada por herança é preso

Informações apontam que a vítima estava recebendo ameaças do autor e da sogra

Maricela Rojas Gimenez foi executada pelo cunhado (Foto: Reprodução/ Rede Social)

O suspeito de matar a cunhada por herança Maricela Rojas Gimenez de 26 anos de idade, foi preso na quinta-feira (13), em Pedro Juan Caballero. Geraldo Ortega García foi localizado após uma denúncia de testemunha que afirmou ter reconhecido o autor dos disparos no dia do crime.

Durante a prisão, foram apreendidos dois celulares que serão encaminhados ao laboratório forense do Ministério Público para análise. Além disso, imagens de segurança e uma motocicleta cujas características que também coincidem com os dados fornecidos pela testemunha.

Conforme o ABC Color, a vítima recebeu ameaças do suspeito, que é irmão do companheiro de Maricela e da mãe de Jorge Ortega García – que foi executado em Setembro.

Suspeito do crime é Geraldo Ortega García que foi preso
(Foto: Reprodução/ABC Color)

Ainda de acordo com o site, a procuradora Reinalda Palacios disse que Maricela assinou uma denúncia e pretendia apresentar as autoridades. Será apresentada também, mensagens ameaçadoras que Suelí García também enviava para a vítima.

As investigações indicam que o motivo do assassinato de Maricela Rojas é uma disputa pela herança dos bens deixados por Jorge Ortega García, além da guarda dos filhos do casal.