• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

Quantidade de pessoas em pé nos ônibus é ampliada na Capital

Decreto da prefeitura aumentou de 30% para 50% a quantidade de passageiros em pé nos ônibus

(Foto: Marco Miatelo)

A prefeitura de Campo Grande ampliou de 30% para 50% a quantidade de passageiros em pé dentro dos ônibus de transporte urbano da Capital. Decreto neste sentido foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Município de quinta-feira, 15 de Outubro.

As restrições na ocupação do transporte coletivo foi uma das medidas adotadas para enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. A prefeitura está liberando a lotação aos poucos.

Conforme o decreto, a quantidade de passageiros em pé observará a capacidade máxima informada pelo fabricando do ônibus que deve estar divulgada em adesivos colocados em locais visíveis nos veículos. Os ônibus poderão circular com o sistema de ar-condicionado e/ou climatização desativados. Todas as janelas e alçapões devem estar abertos.

Estudantes e idosos – O novo decreto também liberou o passe do estudante, que estava proibido até então. As escolas que retomarem suas aulas deverão pedir a liberação do vale transporte para seus alunos oficialmente.

“Apenas serão liberados os cartões do transporte coletivo para estudantes com isenções tarifárias relacionados e protocolados pelas escolas na Rua Visconde de Taunay, n. 318 - Bairro Amambaí”, orienta o decreto.

Escolas particulares estão autorizadas a retomarem as aulas do ensino médio a partir da próxima segunda-feira, 19 de Outubro, mediante adoção de normas de biossegurança.

O decreto contempla ainda os cartões dos idosos. Eles estarão liberados para utilizar o serviço nos seguintes horários: das 9h às 16h e das 19h à 0h, além de sábados, domingos e feriados.

Nos casos de deslocamentos a partir das 21 h, os idosos e estudantes deverão se cadastrar no Consórcio Guaicurus por meio do telefone 3316-6600.