• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

Prefeitura vai reformar terminais de ônibus

A reforma dos terminais de transporte coletivo urbano vai garantir um maior conforto e segurança aos usuários

(Foto: Divulgação/ Luciano Muta)

Um dos maiores desafios de grandes cidades é o trânsito. Viver em um local com mobilidade urbana, que seja sustentável, e funcione realmente, é uma das medidas que a Prefeitura de Campo Grande vem trabalhando para promover a segurança viária.

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito foca em sinalização, fiscalização e educação para um trânsito seguro e humanizado, evitando, assim, aborrecimentos para as pessoas e trazendo qualidade de vida para todos. Para isso, o próximo ano já tem diversos projetos encaminhados. Entre eles, o reordenamento viário do cruzamento das Av. Três Barras, Av. José Nogueira Vieira e Rua Marquês de Lavradio; reordenamento viário do cruzamento das avenidas Tamandaré e Euler de Azevedo; inauguração do Centro de Controle de Operações (CCO) e a reforma dos terminais de transporte coletivo urbano  General Osório, Nova Bahia, Aero Rancho e Moreninhas e o Ponto de Integração Hércules Maymone.

Todos os reordenamentos viários passarão por readequação viária e semaforização, onde serão utilizadas ferramentas modernas de tráfego, permitindo todos os movimentos e conversões. Para os motoristas que passam pelos locais, além das diversas ações nas áreas de entorno que também serão realizadas, como a melhoria das condições de segurança na travessia de pedestre, implantação de acessibilidade para pedestres, iluminação nas faixas de pedestres, proporcionando maior visibilidade e segurança aos transeuntes.

Com a inauguração do Centro de Controle de Operações, a Agetran irá aprimorar a eficiência da mobilidade urbana, acessibilidade e do transporte coletivo e possibilitará ações como a promoção do controle semafórico nos cruzamentos, da área central e principais vias, monitoramento do sistema viário e corredores de ônibus, acionamento dos órgãos e setores competentes da administração municipal, estadual ou federal.

Reforma dos terminais

A reforma dos terminais de transporte coletivo urbano vai garantir um maior conforto e segurança aos usuários. Para tanto, haverá a readequação das instalações elétricas, incluindo pontos de tomada para recarga de celulares, manutenção das instalações hidrossanitárias, revestimento de pisos, paredes e tetos, piso tátil direcional e alerta em todo terminal.

Também serão instalados mapa tátil para direcionamento das pessoas com deficiência visual, rampas de acessibilidade, instalação de bebedouros acessíveis, substituição de caixa d’água (Terminal Bandeirantes e General Osório), pintura em toda a estrutura dos terminais (laje/alvenaria/estrutura metálica/grades internas e externas/caixa d’água), revisão do pavimento rígido, incluindo tratamento de trincas e rachaduras, construção de bicicletário, construção do posto da Guarda Municipal, substituição dos bancos existentes, manutenção da cobertura e fechamento dos terminais com estrutura fixa e móvel.

Todas as medidas vêm ao encontro do que já foi feito em 2021. Neste ano, a Agetran executou diversos serviços voltados a proporcionar acessibilidade, mobilidade, fluidez e segurança do trânsito em todas as regiões urbanas. Destaque para a implantação de 225.847m² de sinalização viária; instalação de sinalização horizontal e vertical em 108 escolas; implantação de 359 faixas de pedestre; implantação de 101 ondulações transversais; manutenção da sinalização de 306 ondulações transversais e travessias elevadas; implantação de 17 novos conjuntos semafóricos; reestruturações, reformas e aprimoramento de 32 conjuntos semafóricos.

Também foram desempenhadas ações objetivando a promoção da Educação e o respeito às leis de trânsito e a diminuição no número de acidentes, como a Campanha de Volta às Aulas e campanhas educativas presenciais da Agetran e parceiros; palestras e cursos de capacitação e atualização em empresas; participação em Fóruns, seminários e Lives (Coordenação, execução ou participação via Instagran, meet google, Zoom, Youtube); entrevistas informativas e orientativas; produção de vídeos educativos com divulgação de medidas de segurança defensivas para pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores; elaboração e divulgação de fatores de risco velocidade e álcool.

A Agetran ainda desenvolveu um intenso programa cuja finalidade foi preservar a saúde dos colaboradores e usuários do transporte coletivo urbano, realizando as seguintes ações nos Terminais de Transbordo do Transporte Coletivo Urbano: adequação total mediante às normas para prevenção da COVID-19; implantação de saboneteiras, papeleiras e dispenser de álcool em gel 70%;implantação de lavatórios completos nas plataformas para a higienização das mãos e hidrojateamento nos terminais com hipoclorito de sódio.

Além disto, também promoveu benfeitorias e melhorias em todos os Terminais de Transbordo do Transporte Coletivo Urbano como manutenção e vistoria nos extintores de incêndio; adequação e instalação das luminárias de emergência e placas de rota de fuga; manutenção nas grades dos terminais; manutenção nas plataformas, corrigindo pisos; manutenção elétrica e hidráulica; serviço de solda, limpeza e manutenção de caixas d’água.

Foram implantados novos abrigos de ônibus do transporte coletivo e está em andamento a reforma de três terminais urbanos do transporte coletivo: Guaicurus, Júlio de Castilho e Bandeirantes

Para finalizar, trabalhando pela melhoria na qualidade prestada pelo transporte coletivo foram realizadas 1.155 Vistorias Ordinárias; 259 Vistorias Extraordinárias solicitadas pelo Centro de Comando Digital (CCP) e 43 Vistorias solicitadas pela Gerência de Fiscalização de Transportes Públicos – GFTP. Também foram realizadas 57 (cinquenta e sete) vistorias de táxi, 239 (duzentas e trinta e nove) vistorias de mototáxi, 23 (vinte e três) transportadores escolares cadastrados para exercício da atividade e 124 (cento e vinte e quatro) transportadores de caçamba cadastrados para coleta de resíduos sólidos.