• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Campo Grande

PMA autua fazendeiro por desmatar área protegida

Autuado cometeu irregularidade para ampliação de represa

PMA autua idoso em R$ 7 mil (Foto:Divulgação/PMA)

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de São Gabriel do Oeste, que trabalha na operação icitiofauna, realizava fiscalização ontem (08), à tarde nas propriedades rurais do município de Campo Grande e autuou um proprietário rural por desmatamento de matas ciliares de um córrego (área protegida de preservação permanente – APP) e mais dois desmatamentos ilegais.

A PMA flagrou na propriedade inicialmente, a degradação com uso de uma máquina das matas ciliares de um córrego denominado Cachoeira, devido ao aumento de um aterro para a ampliação de uma represa. Seguindo a vistoria na fazenda, foram localizadas mais duas áreas desmatadas separadamente. Os Policiais as mediram com uso de GPS e uma perfez 0,50 hectare e a outra de 1,7 hectare, perfazendo 2,2 hectares. Tudo foi realizado sem autorização do órgão ambiental competente.

O infrator de 68 anos, residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 7.190,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA).

Veja Também