• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Benefício

Nascidos em agosto têm saque liberado da 6ª parcela do auxílio emergencial

Os valores haviam sido depositados na conta poupança social digital no dia 29 de setembro

Última parcela do auxílio emergencial é depositada hoje (Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

A partir desta quinta-feira (14), beneficiários do auxílio emergencial 2021 nascidos em agosto podem sacar ou transferir os recursos da 6ª parcela. Os valores haviam sido depositados na conta poupança social digital no dia 29 de setembro.

Os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem, que permite o pagamento de contas essenciais, boletos e realização de compras, além de contar com a rede lotérica de todo o país. Já as agências da Caixa abrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. 

O calendário de saque da sexta e penúltima parcela vai até o dia 19. Já o pagamento em depósito da sétima e última parcela começará no dia 20 e prosseguirá até 31 de outubro, com resgate em dinheiro no período de 1º a 19 de novembro.

Os integrantes do Bolsa Família serão os primeiros a receber a última parcela, porque o grupo segue o calendário habitual do programa. O pagamento será realizado de 18 a 29 de outubro.

Como fazer 

Para realizar o resgate em dinheiro, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”.

Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora.

O código deve ser utilizado para saque em dinheiro nas agências, nas unidades lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

Auxílio Brasil 

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender a população de baixa renda afetada pela pandemia. Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante sete meses, tem parcela com valor médio de R$ 250, mas mães chefes de família recebem R$ 375 e pessoas que moram sozinhas, R$ 150.

O programa se encerraria com a quarta parcela, depositada em julho e sacada em agosto, mas foi prorrogado até outubro, com os mesmos valores para o benefício. Em novembro, os beneficiários mais vulneráveis devem começar a receber o Auxílio Brasil, programa idealizado pelo governo Bolsonaro para substituir o Bolsa Família.

Veja quem recebe nas próximas datas

Saque da 6ª parcela

Nascidos em janeiro: 4/10
Nascidos em fevereiro e março: 5/10
Nascidos em abril: 6/10
Nascidos em maio: 8/10
Nascidos em junho: 11/10
Nascidos em julho: 13/10
Nascidos em agosto: 14/10
Nascidos em setembro: 15/10
Nascidos em outubro: 18/10
Nascidos em novembro e dezembro: 19/10

Depósito da 7ª parcela

Nascidos em janeiro: 20/10
Nascidos em fevereiro: 21/10
Nascidos em março: 22/10
Nascidos em abril: 23/10
Nascidos em maio: 23/10
Nascidos em junho: 26/10
Nascidos em julho: 27/10
Nascidos em agosto: 28/10
Nascidos em setembro: 29/10
Nascidos em outubro: 30/10
Nascidos em novembro: 30/10
Nascidos em dezembro: 31/10

Saque da 7ª parcela

Nascidos em janeiro: 1º/11
Nascidos em fevereiro: 3/11
Nascidos em março: 4/11
Nascidos em abril: 5/11
Nascidos em maio: 9/11
Nascidos em junho: 10/11
Nascidos em julho: 11/11
Nascidos em agosto: 12/11
Nascidos em setembro: 16/11
Nascidos em outubro: 17/11
Nascidos em novembro: 18/11
Nascidos em dezembro: 19/11

7ª parcela para o Bolsa Família

Final do NIS 1: 18/10
Final do NIS 2: 19/10
Final do NIS 3: 20/10
Final do NIS 4: 21/10
Final do NIS 5: 22/10
Final do NIS 6: 25/10
Final do NIS 7: 26/10
Final do NIS 8: 27/10
Final do NIS 9: 28/10
Final do NIS 0: 29/10