• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Dourados

Jiboia de mais de 2 metros é capturada em Universidade

Serpente, que não é peçonhenta, foi resgatada pela PMA e solta em seu habitat natural

Foto: Divulgação/PMA

Os policiais ambientais foram chamados por um funcionário da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), na noite desta quarta-feira após a cobra ser localizada as proximidades da Faculdade de Ciências Agrárias. A equipe da PMA verificou tratar-se de uma serpente da espécie Boa constrictor (jiboia) com mais dois metros de comprimento.

Os policiais fizeram a captura da jiboia com uso de cambão e gancho. A cobra foi colocada em uma caixa de contenção. O animal não apresentava ferimentos e foi solto no seu habitat natural distante da cidade ontem à noite mesmo.

A jiboia é pacífica e não é peçonhenta. Raramente passa de três metros de comprimento. Alimenta-se principalmente de aves, mamíferos pequenos e lagartos grandes. Engole a presa pela pela cabeça. Vive nas florestas densas da América do Sul e passa a maior parte do tempo nas árvores.

Veja o vídeo da soltura da jiboia:

Veja Também