• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Paraíso das Águas

Homem filmava mulheres em banheiro camuflando celular em bucha de lavar louças

Imagens eram registradas no notebook e depois compartilhada em um site pornográfico

Com o auxilio de uma bucha de lavar louça, o homem de 35 anos, preso pela Polícia Civil de Paraíso das Águas nesta quarta-feira (21) registrava imagens de suas colegas de trabalho, seminuas, enquanto elas utilizava o banheiro público da repartição.

Utilizando um aplicativo, ele conseguia comandar o celular à distância, de seu notebook, que também foi apreendido pela polícia. Ele camuflava o celular na bucha de lavar louças e colocava em um local escondido, mas que lhe dava ampla visão das vítimas no banheiro.

As imagens eram registradas no notebook e depois compartilhada em um site pornográfico, onde seu login tinha como codinome seu apelido. A Polícia Civil de Paraíso das Águas com apoio das delegacias de Polícia Civil de Chapadão do Sul e Costa Rica, sob o comando do delegado. Dr. Caíque Ducatti, deflagrou a operação “Ox in the bathroom” tradução do português “Boi no Banheiro”.

A operação foi nominada durante as investigações que se deram início com a denúncia de uma vítima na cidade de Itumbiara/GO, que informou que durante os dias em que ministrou um curso, no ano de 2019, em uma secretaria municipal do Município, teve sua intimidade, seminua, exposta para o mundo, em um site de pornografia, pois, sem o seu consentimento, foi filmada enquanto fazia uso do único banheiro que havia na secretaria municipal.

Diante dessa informação, a equipe policial de Paraíso das Águas passou a investigar o perfil utilizado no site de pornografia, sendo “PUTZBOI” e constataram que no mesmo site de pornografia havia a intimidade exposta de mais quatro mulheres, que foram filmadas no mesmo banheiro e as filmagens foram produzidas de ângulos diferentes o que levou os policiais suspeitarem de alguém que também fazia parte da Secretaria, então foi feito representação pela Busca e Apreensão na casa dos suspeitos.

Durante a busca em uma das casas, foram encontrados os vídeos e fotografias das mulheres vítimas que tiveram sua intimidade invadida enquanto faziam uso de um banheiro público e no computador usado pelo funcionário público suspeito também foram encontrados vídeos e fotografias das vítimas fazendo uso do banheiro informado, visto que a secretaria também foi alvo de cumprimento de buscas.

Diante dos fatos o funcionário público municipal, de 35 anos, que é casado, foi preso em flagrante. Além dos vídeos encontrados em dispositivos eletrônicos também foi encontrado uma pistola da marca TAURUS calibre .380, municiada com registro vencido em nome de outra pessoa.

(Com informações Correio News)

Veja Também