• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Três Lagoas

Duas crianças morrem afogadas em passeio de pedalinho

Meninas chegaram a ser resgatadas, mas morreram antes de chegar no hospital

Primas morreram após pedalinho virar em passeio de represa (Foto: Divulgação/Tempo MS)

Uma tragédia marcou o domingo em Três Lagoas. Duas primas de 2 e 3 anos morreram afogadas durante um passeio de pedalinho na represa da Fazenda Utu Guaçu. Os pais das meninas foram passar o final de semana no local e passeavam na represa com as crianças quando o brinquedo virou e todos caíram na água.

As duas meninas foram resgatadas depois de se afogarem e levadas para a margem do lago por pessoas que participaram do resgate, e Antonella de 3 anos e Maria Luiza 2 anos foram levadas para o Hospital Municipal de Inocência onde chegaram mortas.

O pai da Maria Luíza que é técnico de enfermagem prestou os primeiros socorros ainda no local e após o procedimento e levou as duas para o hospital, mas no local o médico plantonista constatou que ambas estavam em óbito.

De acordo com informações, uma das crianças, a Antonella reside em Castilho, enquanto a sua priminha mora na cidade de Andradina ambas no interior paulista. Tão logo foi constatado o óbito das crianças, a Polícia Civil de Inocência foi acionada, que por sua vez, após lavrar o Boletim de Ocorrência liberou os corpos das vítimas para seguirem ao IML de Paranaíba. As duas meninas serão sepultadas em Andradina (SP).

Comoção

Tão logo a notícia da morte das crianças foi confirmada, a comoção tomou conta das redes sociais, pelo fato que os pais eram muitos conhecidos na cidade do interior paulista e por isso era grande o número de amigos. Muito emocionado e chorando muito o pai da Maria Luíza gravou um vídeo aos prantos, lamentando a morte da filhinha.

Com informações: Tempo MS

Veja Também