• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Pandemia

Com média móvel de óbitos em 24,7, Estado ultrapassa 8,8 mil mortes por covid-19

Foram confirmados mais 656 casos apenas no Estado, chegando a 351.267

Internações em queda e taxa de contágio em 0,79 são destaques do boletim Covid desta sexta-feira (Foto: Divulgação/Arquivo)

Na manhã desta sexta-feira (23), a Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que Mato Grosso do Sul figura com 24,7 em média móvel de óbitos nos últimos sete dias. Com mais 23 mortes, chegou a 8.802 vítimas da doença.

As vítimas, com idades entre 25 e 89 anos, são de Campo Grande (9), Corumbá (2), Ponta Porã (2), Anastácio (1), Chapadão do Sul (1), Coronel Sapucaia (1), Fátima do Sul (1), Jardim (1), Maracaju (1), Miranda (1), Naviraí (1), Paranaíba (1) e São Gabriel do Oeste (1).

Foram confirmados mais 656 casos em MS, chegando a 351.267, desses, 333.901 são considerados recuperados e 7.926 estão em isolamento domiciliar. Outros 638 permanecem hospitalizados, sendo 293 em leitos clínicos e 345 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Campo Grande é a mais afetada com ocupação de leitos de UTI/SUS, com um percentual de 84%, seguida por Dourados (53%), Corumbá (52%) e Três Lagoas (49%). O cálculo é feito a partir de leitos ocupados com casos positivos, suspeitos e “Não Covid-19”.

Desde o início da pandemia, o Estado registrou 979.250 notificações, 619.850 foram descartas e 1.750 amostras estão em análise no Lacen (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul). Outros 6.383 casos permanecem sem encerramento pelos municípios.

Veja Também