• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record

IFMS recebe até sábado as inscrições para pós-graduação em Relações Étnico-Raciais

São ofertadas 40 vagas para portadores de diploma de ensino superior

(Foto: Divulgação)

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) recebe até o próximo sábado, 15, as inscrições no processo seletivo para a especialização em Educação para as Relações Étnico-Raciais, que será oferecido presencialmente a partir do primeiro semestre deste ano pelo Campus Nova Andradina.

São ofertadas 40 vagas a portadores de diploma de ensino superior em qualquer área de formação.

Os interessados devem se inscrever na Página do Candidato da Central de Seleção. Depois de preencher o formulário de inscrição, é preciso anexar cópia do diploma de graduação, tantos quanto o candidato tiver, em PDF (frente e verso). A apresentação é obrigatória, e a ausência deste resultará no indeferimento da inscrição.

O candidato pode anexar ainda cópia, no formato PDF, de documentos que comprovem produção científica, caso possua, relativos à publicação de: artigos em revistas, livros e/ou capítulos de livros (com ISBN), trabalhos completos e/ou resumos (simples ou expandidos) em anais de eventos científicos. Caso possua, pode anexar também cópia de titulação em curso de pós-graduação, no formato PDF (frente e verso). Tais documentos serão utilizados para fins de pontuação do Currículo Lattes, não resultando na eliminação do candidato em caso da ausência dos mesmos.

O edital de abertura e o cronograma do processo seletivo estão disponíveis na Central de Seleção do IFMS

Seleção - Será feita em duas etapas: análise curricular, com base nos itens de avaliação e pesos estabelecidos na Tabela de Pontuação (Anexo I do edital de abertura), e entrevista. A previsão é que o resultado da análise dos currículos seja divulgado até 9 de fevereiro e a convocação para as entrevistas até o dia 15.

Os 60 primeiros classificados serão convocados para entrevistas online, que serão realizadas entre os dias 16 e 22 de fevereiro. Serão considerados critérios como experiência e conhecimentos acerca do tema do curso, bem como as motivações e o interesse de pesquisa em relação à área. 

O resultado preliminar será divulgado até 23 de fevereiro e o final, com a lista de espera, no dia 4 de março. 

O início das aulas está previsto para 14 de março.

Especialização - Esta é a primeira vez que a pós-graduação em Educação para as Relações Étnico-Raciais é ofertada pelo IFMS.

As aulas serão ministradas quinzenalmente, aos sábados, com encontros presenciais, e possibilidade da oferta de algumas disciplinas a distância.

A especialização será desenvolvida em regime modular, com carga horária de 360 horas, acrescidas de 60 horas para a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). O curso será realizado no prazo de 18 meses.

O objetivo é qualificar os estudantes para a apropriação e o desenvolvimento de conhecimentos sobre as especificidades da Educação para as Relações Étnico-Raciais, assegurando formação política, pedagógica e didática adequada aos avanços do conhecimento no campo da educação para as relações étnico-raciais, e da valorização das culturas negras e indígenas. Possibilita-se a produção e a difusão do conhecimento tanto na forma de pesquisas científicas quanto em ações comunitárias que promovam a superação dos conflitos gerados pela discriminação na sociedade brasileira.

Mais informações estão disponíveis na página do curso.