• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Rádio FM Cidade 97

Novo presidente da Famasul participa do Noticidade

Produtor Marcelo Bertoni é o novo presidente eleito da Famasul, que toma posse dia 13 de agosto deste ano

Nesta quarta-feira (23), o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Marcelo Bertoni, deu uma entrevista por telefone para programa Noticidade da Rádio FM Cidade 97.

O produtor Marcelo Bertoni é o novo presidente eleito da Famasul, que toma posse dia 13 de agosto deste ano. Ele é produtor rural na região de Bonito, aliada ao turismo e o comércio. "Estou muito feliz, principalmente por ser uma eleição histórica para nossa instituição, por causa da pandemia nós tivemos que fazer a eleição de modo totalmente virtual", afirma.

Novo presidente da Famasul, Marcelo Bertoni (Foto: Divulgação/ Arquivo)

Marcelo Bertoni contou que apesar da pandemia, as atividades do setor agro não pararam. "O cenário atual tem muito desafio, mas principalmente de oportunidade para o setor. O agro não para, mesmo com a pandemia, nós não paramos, continuamos fazendo nosso serviço com toda segurança possível", conta o presidente.

O novo presidente eleito por unanimidade, conta sobre a expectativa para o setor. "Nós esperamos fortalecer mais nossas relações institucionais, a representatividade do produtor rural, que é muito importante que enquanto ele produz lá na fazenda com segurança e tranquilidade, nós fazemos essa parte de representatividade e também levar a qualificação e sustentabilidade ao campo", ressalta.

O agronegócio é um setor de grande importância para o nosso Estado. "O nosso agronegócio aqui do Estado, o cenário é muito otimista em todas as cadeias produtivas nossas. Hoje nós somos o terceiro maior produtor e o quinto maior exportador de carne bovina, somos o quinto maior produtor e o sexto maior exportador de soja, também com grande potencial de avanço, hoje nós temos três milhões e meio de hectares plantado e graças a ciência e tecnologia, nós temos um aumento diário que à 10 anos atrás não tinha, e somos o segundo maior produtor e o exportador de produtos florestais, principalmente a celulose", finaliza.

Veja Também