• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Saúde

Queiroga anuncia redução de intervalo da AstraZeneca

Período de espera entre 1ª e 2ª doses deixou de ser de 12 semanas e passou a ser de 8 semanas

(Foto: Divulgação/Agência Brasil)

O Ministério da Saúde reduziu o intervalo entre as doses da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca. Antes, era preciso aguardar 12 semanas após a primeira aplicação para receber a segunda dose. Agora, o intervalo mínimo é de oito semanas.

O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pelas redes sociais, ontem (15). “Então, fique atento e não perca o prazo para completar a sua imunização. Só assim você garante a máxima proteção contra o coronavírus. Vamos voltar à normalidade o mais breve possível. Vamos voltar à normalidade o mais breve possível”, escreveu Queiroga.

Segundo o ministério, a pasta concluiu o envio das doses de AstraZeneca necessárias para completar o esquema vacinal de toda população adulta brasileira. “Quem ainda não completou o esquema vacinal e já está fora do prazo recomendado, está mais vulnerável aos sintomas mais graves e óbito pela Covid-19”, diz nota do órgão.

Um levantamento do Ministério da Saúde feito nesta semana mostra que 19,3 milhões de brasileiros não buscaram a segunda dose e precisam procurar um posto de vacinação o quanto antes. “A segunda dose deve ser tomada mesmo se o prazo recomendado já tiver vencido”, informa a pasta.

(Portal R7)

Veja Também