• Diretor de Redação Ulysses Serra Netto
  • MS Record
  • Rede Record
Para 2022

Governador admite conversa com André Puccinelli e Zeca para possível parceria nas eleições

Além do futuro político, governador também falou sobre reformas e posse de concursados 

  • 21 dez 2021
  • Yara Borges e Thays Schneider
  • 12:19
Governador Durante coletiva (Foto: Luciano Muta)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) admitiu hoje (21) a possibilidade de alinhar assuntos políticos com antigos oponentes . "Em junho começa a política e estou conversando com André Puccineli [ MDB] e Zeca [PT] para possível parceria nas eleições”, disse o governador, acrescentando que a decisão para pleitear vaga ao Senado Federal ainda não está definida. “Tenho até abril para decidir se saio como senador", informou.

Além do futuro político, o governador também falou sobre as reformas do Parque dos Poderes, Parque do Prosa, bem como a reforma do CRAS de dentro do parque do Prosa e sobre a obra do aquário que serão entregues em 2022. Azambuja participou de uma coletiva de imprensa na Governadoria. "O aquário tem cronograma previsto. Com poucos problemas, já começou a testagem com os peixes lá dentro e ano que vem será a entrega", disse.

Sobre a recuperação da economia de Mato Grosso do Sul, Azambuja reiterou que “o Estado estava quebrado e hoje é um dos melhores do Brasil. Mato Grosso do Sul está muito melhor que outros estados', afirma. Durante a coletiva, Reinaldo Azambuja também lembrou o risco iminente da nova variante, Ômicron, e a baixa taxa de procura vacinal contra a doença.

Vagas remanescentes - Conforme Azambuja, nesta quarta-feira (22) serão publicados dois decretos. O primeiro versa sobre as 590 novas vagas para concurso público. Segundo o governador, serão convocados 590 novos concursados que estavam na espera desde 2018 para assumir cargos administrativos de escolas. E o segundo é sobre os 557 agentes penitenciários que foram promovidos. Os agentes penitenciários passarão a ser policial penal, e vão tomar posse em 2022.

 

Veja Também